Quando a Mt.Gox destruiu 2.609 Bitcoins | A História do Bitcoin parte 17

1 Comente

Bem-vindos mais uma vez a nossa série sobre a História do Bitcoin! Hoje vamos continuar explorando o caminho que essa importante moeda trilhou até agora. E nós vamos falar sobre mais uma das trapalhadas da extinta Mt.Gox.

Na última parte sobre a História do Bitcoin, falamos do primeiro hack sofrido pela Mt.Gox, a maior exchange de criptomoedas na época. O ataque aconteceu em 2011.

Menos de quatro meses depois, o infeliz CEO Mark Karpeles sofreria outro episódio vergonhoso quando, por acidente, ele perdeu todo o lucro semanal da exchange.

Comparado a outras perdas que Gox viria a suportar, essa foi uma gota no oceano e, portanto, foi quase esquecia na história do Bitcoin.

O incidente merece um destaque, no entanto, pois é uma interessante advertência sobre os perigos de se intrometer no código do Bitcoin, além de ensinar sobre como criptomoedas podem ser destruídas.

A maior parte da comunidade descobriu o ocorrido, no fórum Bitcointalk, onde, em 29 de outubro de 2011, o usuário genjix iniciou um tópico intitulado “alguém estragou tudo e perdeu muito dinheiro”. A título de explicação, eles publicaram o seguinte código:

Poucos leitores tinham ideia do que havia de errado com o código, mas felizmente genjix estava à disposição para explicar. O script de transação padrão, que neste caso era “76a90088ac”, deveria ser “14” no lugar de “00”, que na linguagem de script significa “push 0 bytes”, observou genjix.

“É uma transação que foi enviada para o nada. Obviamente alguém estava hackeando o bitcoin ou criando uma versão personalizada e estragou tudo – embora eu não tenha ideia do ele que estava fazendo com tanto dinheiro.”

A resposta para essa última pergunta não demorou muito para aparecer no Internet Relay Chat (IRC) na sala do Mt.Gox.

O CEO da Mt.Gox, Mark Karpeles, também conhecido como Magical Tux, confessou ser quem criou o script de transação com defeito com envio de 2.609 BTC:

“MagicalTux: isso é um problema, mas não o pior problema que já enfrentamos

MagicalTux: todas as retiradas interrompidas foram reemitidas

MagicalTux: gastou apenas uma semana de renda com BTC”

Para que não houvesse dúvida quanto à finalização da transação, o usuário do Bitcointalk “BTCurious” escreveu: “Eles se foram. Sem chance de recuperação.”

A mãe de todas as transações irrecuperáveis

Enviar moedas para um endereço de Bitcoin errado ou inexistente é extremamente raro. Todos os endereços de Bitcoin têm uma soma de verificação que reduz significativamente as chances de inserir inadvertidamente um endereço incorreto.

Karpeles estava fuçando o código do Bitcoin, no entanto, e escolheu uma transação valiosa com a qual seria experimental. Como ele reconheceu no IRC:

“MagicalTux: Eu preciso limitar o número de entradas em um TX, parece que o bitcoind normal não gosta de um TX com 293 entradas.”

“Mais um golpe na reputação tecnológica da Mt.Gox”

A reação à confusão de Karpeles foi misturada, com um intenso debate no IRC sobre se as capacidades de script do Bitcoin devem ser limitadas para impedir que esse erro ocorra novamente.

Isso não foi tão simples quanto parecia, no entanto, com o desenvolvedor base Gregory Maxwell observando:

“Glyph-Minus-229: o protocolo não impede o envio para endereços inválidos?

gmaxwell: Não, o protocolo possibilita MUITAS coisas.

gmaxwell: as transações são pequenos programas que governam seu resgate.

gmaxwell: Provavelmente não há tempo polinomial que possa identificar todas as transações não passíveis de pagamento.”

Um usuário do IRC não estava disposto a descartar o incidente como azar, descrevendo-o como “outro golpe à reputação tecnológica da Mt.Gox.”

“E este é o cara em quem 90% dos usuários de Bitcoin confiam seu dinheiro”, escreveu o usuário do fórum Raoul Duke, acompanhado por um emoji de olhos arregalados.

Sobre Karpeles, ele escreveu de forma presciente: “Parece que ele está mais perto de pegar o balanço da Mt.Gox e fugir com ele.”

Na época não foi feito muito drama com o valor perdido. Isso porque, em 2011 essa quantidade e moedas valia cerca de US$8 mil. Hoje, o valor é muito mais alta, quase US$25 milhões.

Esse foi um dos primeiros sinais de que a Mt.Gox não estava nos seus melhores em questões administravas. Algo que iria se provar catastrófico não muito tempo depois.

Mas veremos essa história mais para frente na nossa série sobre a História do Bitcoin, adaptada do site Bitcoin.com.

Veja também: Por que precisamos do Bitcoin? O Dinheiro de Papel e a Inflação

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.