A ETF do Bitcoin será aceita pela SEC nos EUA?

Uma das maiores dúvidas que todos os entusiastas de Bitcoin tem sobre a criptomoeda é se a ETF sera ou não regulamentada pelos EUA.

Enquanto o Bitcoin e outras criptomoedas já atraíram muita atenção dos investidores em todo o mundo, muitas instituições, como agências governamentais, bancos e outras entidades ainda não aceitam a moeda digital.

De acordo com Ryan Radloff, chefe de relações com investidores no XBT Provider, é realmente apenas um impasse entre os bancos e os reguladores, nos quais os bancos só começarão a aceitar os criptomoedas quando os reguladores o fizerem. Embora este seja o caso da maioria dos países, existem vários países, como a Suécia, cuja Nasdaq já incluiu criptomoedas em sua negociação pública.

O status e a classificação do Bitcoin, conforme os reguladores dos EUA, ainda não foram decididas até o momento. A SEC ainda não fez nenhum comentário em classificar o Bitcoin e parece que isso não acontecerá em breve.

A SEC já rejeitou duas ETF Bitcoins a potenciais investidores. Do lado legal, o Bitcoin não está indo muito bem devido a esse obstáculo.

Leia também  Investidor Bilionário possui 1% do seu patrimônio líquido alocado em Bitcoin

De acordo com Radloff, não parece que o Bitcoin será aceito tão rápido, após as duas rejeições que a SEC fez, embora isso possa mudar no futuro se a SEC mudar sua opinião sobre o Bitcoin.

Embora os EUA sejam muito severos com sua decisão sobre a questão do Bitcoin, existem outros países que parecem estar mais abertos. Outros países, como Suécia, Suíça, Japão e Itália aceitam Bitcoin e já tem leis que o regulamentam. Radloff também afirmou que, no futuro, espera que mais países aceitem criptomoeda.

Notavelmente, existem produtos Bitcoin negociados em bolsa na Europa, mas não são ETFs, são notas negociadas em bolsa, que são semelhantes aos ETFs, mas trazem riscos diferentes. No entanto, os investidores e reguladores europeus estão mais acostumados com ETNs, disse Radloff.

Os ETN COINXBE e COINXBT estão listados na Nasdaq Nordic. Outro produto Bitcoin de estilo ETN foi recentemente retirado da Bolsa de Valores de Gibraltar.

Leia também  Bolsa de Valores de Moscou vai exibir dados de mercado de ICO's para investidores

Nick Cowan, diretor-gerente da exchange de Gibraltar, disse que espera que dois produtos semelhantes ao Bitcoin sejam listados em breve, bem como um terceiro, baseado em outra criptomoeda.

Embora o bitcoin ainda seja relativamente novo, já obteve muita atenção dos investidores que tiraram muitos dados dele. No entanto, o único problema seria o governo e as licenças. Um relatório da Universidade do Centro de Cambridge das Finanças Alternativa afirmou que 46 por cento das exchanges não são regulamentadas pelo governo.

Embora possa ser difícil convencer os reguladores norte-americanos a aceitarem a moeda digital, ainda é possível, pois os EUA procuram transparência e estabilidade antes de considerar permitir isso. A razão é que isso envolve muito dinheiro e é um grande risco para eles.

No entanto, parece que os EUA não serão um dos próximos países a aceitar a criptomoeda. Mas, só será uma questão de tempo antes do evento acontecer. Quando os EUA vêem que muitos outros países o fazem, eles provavelmente se juntarão à briga.

Leia também  Errata: Bitcoin não é ilegal na Índia, imprensa indiana relatou erroneamente

Fonte: cointelegraph.com

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

loading...

Banco de Singapura e Índia lançam sistema de pagamentos internacionais via Ripple

Ótima notícia para os entusiastas da criptomoeda especializada em bancos. A Standard Chartered (Um dos maiores bancos de Singapura) e o Axis Bank ( O terceiro maior banco do setor privado da Índia) apresentaram um…

1 Comente

ICOs: Coréia do Sul analisa a liberação

Hong Eui-rak, do Partido Democrata da Coréia do Sul, está liderando um grupo de dez políticos irão decretar um projeto de lei para legalização das ICOs, segundo o jornal The Korea…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link