Microsoft disponibiliza serviço de criação de Blockchains no Azure (BaaS)

A está agora fazendo a sua -as-a-Service (BaaS), um novo conceito, onde irá ofecer disponibilidade para todos os usuários de seu ambiente de teste Azure.

microsoft-servico-criacao-de-blockchain
Reprodução: Microsoft.com

Projetado para permitir aos desenvolvedores criem rapidamente ambientes em Azure, o DevTest Labs visa ajudar a controlar custos associadas com o trabalho de desenvolvimento. Outras características incluem modelos reutilizáveis, para que os desenvolvedores não tenham que projetar ambientes de máquina virtual a partir do zero, e artefatos, que se comunicam com aplicativos informando o momento que serão implementados.

O add-on já suporta 26 blockchains e permite aos desenvolvedores criar e testar blockchains com custos mais baixos do que uma plataforma de produção.

O diretor de desenvolvimento de negócios e estratégia da Microsoft, Marley Gray, descreveu-o como um ambiente de teste blockchain easy-to-use.

Leia também  Hashflare suspende temporariamente a mineração de Ethereum

Ele disse em entrevista a CoinDesk:

“Com a integração do Azure DevTest Labs, a Microsoft tornou ainda mais fácil para os desenvolvedores obter ambientes de laboratório blockchain up-and-running.”

Projetos de Blockchain atualmente suportados pelo Azure incluem Multichains, Eris, plataforma descentralizada de armazenamento de arquivos Storj e do mercado de previsão Augur, entre outros.

devtest-lab-blockchain-microsoft

Usando Azure DevTest Labs, os programadores podem criar “laboratórios” para experimentar blockchains particulares, com permissão, pública ou agrupada, e funcionalidades que refletem as ambições da Microsoft para adicionar “cada” blockchain para a plataforma.

A oferta do DevTest Labs foi inicialmente disponibilizada em modo “preview”, o que significa que foram excluídos recursos, como garantia e suporte ao cliente. Ofertas de pré-visualização também são capazes de serem interrompidas sem aviso prévio, de acordo com um suporte da Azure.

Leia também  Valor do bitcoin ultrapassa os 700 dólares e continua subindo

Mais informações no site oficial da Microsoft.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *