BitPay reforça segurança de sua carteira digital de Bitcoin utilizando integração com chip da Intel

seguranca-carteira-bitpay-chip-intel

A BitPay, a empresa que se apresenta como a maior processadora de Bitcoin do mundo, tendo clientes como a Valve, e Paypal, se uniu com a para ajudar a garantir a de sua carteira digital (wallet).

copay-bitcoin-wallet-open-source

A Copay, a carteira de Bitcoin open-source criada pela , que está disponível praticamente para todos os sistemas operacionais e mobile, agora está integrada com a  “Software Guard Extensions” construídos em processadores Core de sétima geração da Intel. A BitPay anunciou a notícia ontem cedo na “Money 20/20”, uma conferência de tecnologia financeira.

A parceria aborda uma preocupação que muitos usuários podem ter sobre o Bitcoin: A facilidade com que ele pode ser roubado. Como o dinheiro de caixa, o Bitcoin é um ativo transferível, o que significa que quem está segurando o ativo, o possui. Isso significa que ele pode ser roubado – um fato que hackers demonstraram amplamente com o caso da Mt Gox, da Bitfinex e até mesmo de carteiras individuais.

Leia também  Investidor de startups de Bitcoin e co-fundador do Paypal junta-se à equipe de transição de Trump

Implementar uma forte segurança no software que armazena e processa o Bitcoin é essencial para evitar que os dados do Bitcoin (e com ele, o valor de Bitcoin) sejam roubados. A tecnologia da Intel ajuda a garantir que a segurança ao executar operações confidenciais num espaço protegido, os dados tão sensíveis – como chaves privadas de um utilizador – não seja exposta a um código que pode ser comprometido (se, por exemplo, algum tipo de malware tenha infectado o computador do usuário).

“O chip de processamento da Intel está isolado do resto da máquina em um ambiente de execução seguro, por isso nem um software comprometido e nem um PC comprometido podem expor os fundos de um usuário de Bitcoin ou chaves privadas para arriscar de atacantes”, explicou o gerente de marketing da BitPay, James Walpole. “A integração Intel é como uma espécie de zona de segurança onde as coisas que poderiam ser perigosos em uma máquina comprometida tornam-se seguras para execução”, acrescentou.

A BitPay é um grande player do mundo Bitcoin. Atualmente, a Microsoft utiliza o serviço para processar pagamentos de Bitcoin para conteúdo e jogos digitais do Xbox, além de mais de 100.000 comerciantes em todo o mundo também utilizá-la, de acordo com Sonny Singh, diretor comercial da BitPay.

Leia também  Hiperinflação da Venezuela leva o Bitcoin a um uso recorde no país

Isso é especialmente atraente para empresas com clientes em países como , Índia e , onde a maioria das pessoas não têm cartões de .

“Agora estamos resolvendo os pontos fracos reais” com Bitcoin, disse Singh.

Hoje, 75% do volume de transações da BitPay está fora os , disse ele.

Na semana passada, a BitPay também anunciou parceria com a DocuSign como um dos processadores de pagamento que oferecem integração de pagamentos com contratos e outros documentos assinados.

Via: VentureBeat
Adaptação e Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *