Altcoin “World Gold Coin” é incluida para negociações na exchange C-CEX

world-gold-coin-incluida-na-ccex

World Gold Coin está agora disponível para negociações na C-CEX. 

Esta semana a World Gold Coin anunciou sua inclusão numa exchange pouco conhecida aqui no Brasil, a C-CEX. A inclusão agora permite aos usuários o comércio da nova moeda digital.

Criada por uma empresa de soluções de moedas digitais baseada em Hong Kong, a World Gold Coin já está ganhando destaque no Sudeste Asiático. A criptomoeda agora está listada ao lado de outras altcoins bem conhecidas.

A moeda digital World Gold Coin é considerada como o Bitcoin 3.0 e é baseada em “Proof of Stake (PoS) e Proof of Work (PoW)”. A mineração é semelhante a do Bitcoin, exceto para o protocolo PoW X11 que não permite a mineração ASIC. O protocolo PoW X11 é semelhante ao utilizado por DarkCoin (agora conhecido como DASH).

Leia também  Com legalização do Bitcoin na Índia, a procura fará o preço disparar

O número total de extração é fixado em 8,88 mil milhões de moedas ao longo de um período estimado de 10 anos com uma recompensa de blocos de mineração de 1689.49 WGCs. O nível de dificuldade do protocolo de mineração é monitorado e ajustado pelo Dark Gravity Well (DGW), uma versão superior de Kimoto Gravity Well.

A World Gold Coin possui várias características que são muito mais superiores que o Bitcoin. Mas a nova moeda ainda tem um longo caminho a percorrer para ser uma concorrente forte do Bitcoin em termos de uso. A World Gold Coin excede o Bitcoin quando se trata de: velocidade e segurança da transação. A nova criptomoeda é dez vezes mais rápida e mais segura que Bitcoin, ela inclui 7 níveis confirmação, contra cinco do Bitcoin.

Leia também  Agora você pode comprar imóveis com bitcoins

A World Gold Coin é uma criptomoeda criada pela WGCglobal, empresa que oferece soluções para a indústria de criptomoeda. Algumas de suas soluções incluem desenvolvimento baseado em ativos digitais, plataformas de intercâmbio, cartões de débito alimentado com criptomoedas, desenvolvimento de criptomoeda e seus “setups”, APIs para ativos digitais de clientes, aplicativos móveis e serviços de carteira (wallets).

Adaptação e Tradução: Guia do Bitcoin
Fonte: cryptocoinsnews.com

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *