URGENTE! Projeto de lei no Brasil criminaliza criptomoedas e quem as usa! DIGA NÃO AO PROJETO DE LEI 2.303 de 2015

20s Comentários

Esse vídeo é um chamado à reflexão e à ação diante do projeto de lei 2.303 de 2015 de autoria do Deputado Aureo (RJ), o projeto criminaliza as criptomoedas no Brasil e conduz nosso país à contramão do desenvolvimento e prosperidade gerados pela revolução da tecnologia Blockchain e do Bitcoin.

No vídeo há uma proposta de mobilização para que os adeptos das criptomoedas e das liberdades individuais dos brasileiros façam chegar seu recado aos deputados e senadores do nosso país.

Confira o projeto de lei na íntegra.

Viralizem o vídeo!

#CriptomoedaNãoÉCrime

Escreva um comentário

20 Comentários

Hááááá era só o que me faltava, a China, EUA, Russia que são as maiores potencias mundiais não proibiram, agora vem esses analfabetos brasileiros querer bloquear nosso crescimento econômico.

Só não vou escrever um palavrão aqui por respeito por que se não…

Orador, você está despreparado, não tem argumentos claros suficientemente para clarear as idéias da população a fim de que essa possa dar força às crypto-moedas e seu uso. Você pode saber do que está falando, mas não conseguiu passar de forma objetiva e suscinta a mensagem com clareza, faltou organização das idéias, o que denota desespero e não inspira credibilidade para aqueles que não entendem ainda nada do assunto e seriam de fundamental importância para ajudar a defender os nossos legítimos interesses enquanto nação de usarmos o meio de troca que bem entendermos. Compartilhei o vídeo em minha página do Facebook, mas já me arrependí, pois o impacto suspeito que seja negativo quando os desentendidos do assunto começarem a assistir. Sugiro que o Fernando Ulrich ou algum outro profundo conhecedor e bom orador fizesse um vídeo igual esse seu (com a mesma finalidade) para que possamos compartilharmos o mesmo não só em nossas páginas no Face, mas em todos os vários grupos no Facebook dos quais sejamos participantes. Entenda tudo isso como legítima crítica construtiva. Precisamos de preparo para ganhar essa batalha e a guerra contra os desmandos da elite financeira.

Leiam o projeto de lei, o link está no texto. Na verdade há crimilização das pirâmides tão somente.

Entretanto, as exchanhes e quem as utilizam não serão criminalizados.

Leiam o artigo que trata disso no projeto de lei:

“Art. 292. Emitir, sem permissão legal, nota, bilhete,
ficha, vale ou título que contenha promessa de
pagamento em dinheiro ao portador ou a que falte
indicação do nome da pessoa a quem deva ser pago:

Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

§ 1º Incide na mesma pena quem, sem permissão
legal, emite, intermedeia troca, armazena para terceiros,
realiza troca por moeda de curso legal no País ou moeda
estrangeira, moeda digital, moeda virtual ou criptomoeda
que não seja emitida pelo Banco Central do Brasil.

§ 2º Não incorre na conduta prevista no § 1º deste
artigo aquele que emite, intermedeia troca, armazena
para terceiros ou que realiza troca por moeda de curso
legal no País em ambiente restrito, na rede mundial de
computadores, na forma de sítio ou aplicativo, ambos sob
a responsabilidade do emissor, com a finalidade exclusiva
de aquisição de bens ou serviços próprios ou de terceiros.

“Em maio de 2016, o mistério parece ter sido revelado, o empreendedor australiano Craig Wright revela à emissora BBC e as revistas The Economist e GQ ser o criador do bitcoin, sendo confirmado por pessoas da equipe de desenvolvimento da criptomoeda e por Gavin Andresen, cientista-chefe da Fundação Bitcoin.[25][27] Revelou a identidade, para acabar com especulações da imprensa e evitar perturbação e intimidações aos amigos e familiares por repórteres, fornecendo provas técnicas de criptografia e social, usando as assinaturas digitais e chaves criptográficas do início do desenvolvimento do bitcoin.”
fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bitcoin

Hááááá era só o que me faltava, a China, EUA, Russia que são as maiores potencias mundiais não proibiram, agora vem esses analfabetos brasileiros querer bloquear nosso crescimento econômico.Só não vou escrever um palavrão aqui por respeito por que se não…

Orador, você está despreparado, não tem argumentos claros suficientemente para clarear as idéias da população a fim de que essa possa dar força às crypto-moedas e seu uso. Você pode saber do que está falando, mas não conseguiu passar de forma objetiva e suscinta a mensagem com clareza, faltou organização das idéias, o que denota desespero e não inspira credibilidade para aqueles que não entendem ainda nada do assunto e seriam de fundamental importância para ajudar a defender os nossos legítimos interesses enquanto nação de usarmos o meio de troca que bem entendermos. Compartilhei o vídeo em minha página do Facebook, mas já me arrependí, pois o impacto suspeito que seja negativo quando os desentendidos do assunto começarem a assistir. Sugiro que o Fernando Ulrich ou algum outro profundo conhecedor e bom orador fizesse um vídeo igual esse seu (com a mesma finalidade) para que possamos compartilharmos o mesmo não só em nossas páginas no Face, mas em todos os vários grupos no Facebook dos quais sejamos participantes. Entenda tudo isso como legítima crítica construtiva. Precisamos de preparo para ganhar essa batalha e a guerra contra os desmandos da elite financeira.

Estranho, a entrevista dela ao R7 não foi tão radical assim: https://noticias.r7.com/col

Leiam o projeto de lei, o link está no texto. Na verdade há crimilização das pirâmides tão somente.Entretanto, as exchanhes e quem as utilizam não serão criminalizados.Leiam o artigo que trata disso no projeto de lei:”Art. 292. Emitir, sem permissão legal, nota, bilhete, ficha, vale ou título que contenha promessa de pagamento em dinheiro ao portador ou a que falte indicação do nome da pessoa a quem deva ser pago:Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.§ 1º Incide na mesma pena quem, sem permissão legal, emite, intermedeia troca, armazena para terceiros, realiza troca por moeda de curso legal no País ou moeda estrangeira, moeda digital, moeda virtual ou criptomoeda que não seja emitida pelo Banco Central do Brasil.§ 2º Não incorre na conduta prevista no § 1º deste artigo aquele que emite, intermedeia troca, armazena para terceiros ou que realiza troca por moeda de curso legal no País em ambiente restrito, na rede mundial de computadores, na forma de sítio ou aplicativo, ambos sob a responsabilidade do emissor, com a finalidade exclusiva de aquisição de bens ou serviços próprios ou de terceiros.

“Em maio de 2016, o mistério parece ter sido revelado, o empreendedor australiano Craig Wright revela à emissora BBC e as revistas The Economist e GQ ser o criador do bitcoin, sendo confirmado por pessoas da equipe de desenvolvimento da criptomoeda e por Gavin Andresen, cientista-chefe da Fundação Bitcoin.[25][27] Revelou a identidade, para acabar com especulações da imprensa e evitar perturbação e intimidações aos amigos e familiares por repórteres, fornecendo provas técnicas de criptografia e social, usando as assinaturas digitais e chaves criptográficas do início do desenvolvimento do bitcoin.”fonte: https://pt.wikipedia.org/wi

O que esse deputado entende de Moeda..esse fdp..
nao faz nada de útil pro país… manda ir cuidar de quem ta passando fome..lixo

Exatamente. Parabéns pra quem vota nesse tipo de gente retrógrada. Vampiros querem tudo para eles.

O que esse deputado entende de Moeda..esse fdp..nao faz nada de útil pro país… manda ir cuidar de quem ta passando fome..lixo

Pessoal, leiam as coisas antes de sairem por aí compartilhando. O deputado Aureo apresentou o prejeto em 2015 já propondo regulação libertária e autoregulação do mercado. Ele é contra taxas e impostos, quer apenas o reconhecimento da moeda no Brasil. O Deputado Expedito Netto foi quem votou contra esse projeto e propôs a proibição. Vamos ler meu povo!

Regulação Libertária? O que acha desse texto? ” Art. 292.
Emitir, sem permissão legal, nota, bilhete, ficha, vale ou título que contenha promessa de pagamento em dinheiro ao portador ou a que falte indicação do nome da pessoa a quem deva ser pago:
Pena
– detenção, de um a seis meses, ou multa.
§ 1º Incide na mes ma pena quem , sem permissão legal, emite
, intermedeia troca, armazena para terceiros, realiza troca por moeda de curso legal no País ou moeda estrangeira, moeda digital
, moeda virtual ou criptomoeda que não seja emitida pelo Banco Central do Brasil. “

Pessoal, leiam as coisas antes de sairem por aí compartilhando. O deputado Aureo apresentou o prejeto em 2015 já propondo regulação libertária e autoregulação do mercado. Ele é contra taxas e impostos, quer apenas o reconhecimento da moeda no Brasil. O Deputado Expedito Netto foi quem votou contra esse projeto e propôs a proibição. Vamos ler meu povo!

querer bloquear ???? essa e boa, eles querem e continuar a ganhar dinheiro enquanto querem a populacao pobre contribuindo para isso

Exatamente. Parabéns pra quem vota nesse tipo de gente retrógrada. Vampiros querem tudo para eles.

Regulação Libertária? O que acha desse texto? ” Art. 292.Emitir, sem permissão legal, nota, bilhete, ficha, vale ou título que contenha promessa de pagamento em dinheiro ao portador ou a que falte indicação do nome da pessoa a quem deva ser pago: Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa. § 1º Incide na mes ma pena quem , sem permissão legal, emite, intermedeia troca, armazena para terceiros, realiza troca por moeda de curso legal no País ou moeda estrangeira, moeda digital, moeda virtual ou criptomoeda que não seja emitida pelo Banco Central do Brasil. “

querer bloquear ???? essa e boa, eles querem e continuar a ganhar dinheiro enquanto querem a populacao pobre contribuindo para isso

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.