Uma nova era para o Bitcoin no Brasil? Câmara dos Deputados analisará projeto que regulamenta uso de bitcoins

3s Comentários

Uma nota publicada ontem (17) na coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, informa que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou para a próxima quarta-feira (24), às 11 horas, a instalação da comissão especial que analisará o projeto de lei que regulamenta o uso de bitcoins e outras moedas virtuais, assim como os programas de milhagem.

O texto informa que a medida teria sido tomada como uma reação tanto à onda de ataques cibernéticos ocorridas na última semana, quanto à polêmica recente envolvendo um filme da Disney. Na segunda-feira (15), o presidente e CEO da Disney, Bob Iger, disse que hackers exigiram uma grande quantia de dinheiro em bitcoins para não divulgarem trechos de um dos próximos lançamentos que alegam ter roubado. O FBI investiga o caso.

De acordo com a Folha, o projeto a ser avaliado pela comissão que será criada foi apresentado em 2015 pelo deputado Aureo (SD-RJ).  O parlamentar afirma nas justificativas que “há riscos potenciais em relação aos bitcoins”, que funcionam no ambiente virtual sem regulação no Brasil ou no exterior. O deputado incluiu no documento os programas de milhagem de companhias aéreas, que, segundo ele, podem também servir como moeda na internet.

A proposta submete ao Banco Central e ao Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) a disciplina sobre as moedas eletrônicas, além da venda de milhas aéreas. Após ser instalada, a comissão deverá ser presidida pelo deputado Alexandre Valle (PR-RJ) e relatada por Expedito Netto (PSD-RO).

O que você acha dessa decisão? Participe da nossa enquete abaixo!
[poll id=”20″]

Via: FintechLab

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.