Turcos compram criptomoedas em meio a crise no país

0 Comentários

Sanções dos EUA tem impulsionando o preso das criptomoedas, agora é a Turquia que está sofrendo sanções por parte dos EUA, o que tem causado forte desvalorização da moeda turca, fazendo com que os turcos recorram as criptomoedas como ativos de segurança. As recentes tarifas comerciais deixaram os cidadãos sem outra opção a não ser começar a comprar Bitcoins e jogar fora a moeda turca Lira, que já desvalorizou 40% esse ano.

Sexta-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou o aumento das tarifas sobre as exportações de aço e alumínio da Turquia para os EUA. Mas num relatório da Reuters, o presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, negou que o país estivesse em uma crise cambial.

Divergências na Síria tem sido um dos motivos pela disputa entre os dois países, além da prisão de um pastor evangélico Andrew Brunson. A briga entre os dois países deixaram a população turca sem outra alternativa senão recorrer ativos mais seguros, como o dólar americano, o iene japonês e o Bitcoin.

Segundo relatório da CoinDesk, as negociações nas exchanges turcas, a Paribu, BtcTurk e Koinim mais do que dobraram nas últimas 24 horas.

Foram negociados na BtcTurk volumes próximos a US $ 6 milhões, enquanto a Paribu registrou volumes de quase US $ 3,2 milhões.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.