Tether admite que usou suas reservas para comprar Bitcoin

0 Comentários

Há cerca de um mês atrás, o Tether se envolveu em uma polêmica por causa da sua política de lastro. Desde então, a companhia está lutando para provar que é segura e que seus tokens são apoiados em algo estável.

Durante um depoimento, um advogado representando a Bitfinex admitiu que o Tether usou parte de seus fundos para investir em “outros ativos” e também no Bitcoin. A informação pode ser encontrada nos documentos da corte, que foram publicados inicialmente pelo The Block.

Na declaração, o advogado David Miller diz:

“Antes do pedido de 24 de abril… o Tether realmente investiu em instrumentos além de dinheiro e equivalentes ao dinheiro, incluindo o Bitcoin, eles compraram Bitcoin.

Segundo o ponto de vista do advogado, o Tether tem a delegação para investir em mais do que apenas dinheiro. Ele também acredita que a corte não tem jurisdição para ditar onde o Tether pode ou não investir.

Porém, como é de se esperar, os usuários do Tether não devem se sentir nada bem com a ideia de que uma stablecoins está sendo usada para investir em uma moeda que é longe de ser estável.

Foi justamente esse argumento usado pelo juiz da Suprema Corte de Nova Iorque Joel M. Cohen:

“Tether, para mim, era para ser uma calmaria na tempestade de negociações de criptomoedas. Então, se o Tether é suportado pelo Bitcoin, como ele pode ser consistente? Se alguns de seus ativos estão em uma moeda volátil que o Tether deveria de alguma forma modular, então parece que eles estão brincando com o que estão dizendo.”

Os documentos revelados pela corte mostram muito sobre a Tether e a Bitfinex e a relação entre as duas. Alguns acreditam que a acusação de usar $850 milhões de suas reservas para cobrir rombos na Bitfinex é só a ponta do iceberg.

Veja também: Comunidade Cripto comemora o Bitcoin Pizza Day pela nona vez

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.