Novas tensões entre EUA e China impactam no Bitcoin

10s Comentários

 

Nos últimos dias, a situação do Bitcoin não foi exatamente positiva. O ativo enfrentou uma série de quedas, de forma que o mercado teve que lutar para mantê-lo no patamar de 10 mil dólares. Porém, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou recentemente novas tarifas sobre bens vindos da China, que equivalem a 300 bilhões de dólares. E como consequência da continuação desta guerra comercial o BTC pode vir a subir novamente.

Uma mudança de perspectivas

As medidas do governo norte-americano devem trazer um novo quadro de instabilidade para a economia global nos próximos dias. A partir de 01/09, Donald Trump anunciou que produtos vindos da China terão suas tarifas ampliadas de 10% para 15%. Para muitos analistas, esta guerra comercial deve se estender também para 2020, o que pode trazer uma grande instabilidade para a economia global e trazendo preocupações diversas para investidores.

Por outro lado, isto também deve se reverter em grandes benefícios para o Bitcoin, já a curto prazo. Após o anúncio de Trump, a criptomoeda passou de 10.200 para um pouco além de 10.400 dólares. Isto significa que há uma grande chance de reação do ativo para a próxima semana. Na medida em que a economia global voltar a sofrer com efeitos negativos do conflito entre EUA e China, a tendência é de que os investidores voltem a considerar o BTC um porto seguro.

Cautela ainda é necessária

Por mais que o Bitcoin tenha apresentado uma alta que pode se estender ao longo da próxima semana, o cenário ainda parece incerto. Após lutar para voltar aos cinco dígitos, a criptomoeda parece ter encontrado um ponto de resistência nos 10.300 dólares. Em contrapartida, outras moedas digitais parecem estar em meio a uma tendência mais positiva, com muitas registrando, inclusive, novas marcas históricas.

De qualquer forma, vai ser preciso esperar os próximos dias para ver o que tudo isto impactará no BTC. Neste sábado (24), a criptomoeda está apenas um pouco acima dos 10 mil dólares, já revertendo a alta que teve anteriormente. Levando em consideração o caráter altamente volátil da moeda, neste momento os investidores seguem cautelosos por não terem nenhuma posição mais consolidada a seu respeito.

O que o mercado espera

Para que o Bitcoin possa atingir um patamar que o torne novamente confiável para realizar investimentos, é preciso quebrar novas barreiras. Os especialistas indicam que o ideal é que a criptomoeda consiga alcançar os 10 mil dólares, para que tenha chances de ultrapassar a casa dos 11 mil novamente. Em meio as expectativas o ativo continua forte em termos de dominância no mercado de moedas digitais, com cerca de 69%.

Fonte: ZyCrypto.

Veja também: Parceiros da Libra estão inseguros sobre o projeto

 Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.