Sprint testará plataforma Blockchain para melhorar setor de telecomunicações

A empresa norte-americana Sprint Nextel, está trabalhando em uma nova iniciativa de blockchain focada em aplicações de operadoras de telecom.

A empresa está se associando à SoftBank, um conglomerado de telecomunicações japonês, e à TBCASoft, Inc., uma startup de blockchain com sede na Califórnia. A Sprint é a quarta maior provedora de telecomunicações dos EUA, de acordo com dados da Statista, após a Verizon, a AT&T e a T-Mobile.

Por enquanto, parece que a parceria ainda está em seus estágios iniciais, já que as três empresas disseram hoje que os testes conjuntos só começarão em junho, aproveitando uma plataforma desenvolvida pela TBCASoft para conectar os sistemas de telecomunicações.

Sprint confirmou a parceria quando um representante disse:

“Nós entramos nesta parceria com SoftBank e TBCASoft como parte de nosso interesse mútuo para compreender o potencial cheio de blockchain para melhorar as interações portador-à-portador e, finalmente, usuário final ter melhorias para simplificar ainda mais as transações para os clientes.”

A Sprint não é de forma alguma a única a trabalhar com blockchain entre as empresas telecomunicações do mundo.

Leia também  Bilionário do Aliexpress, Jack Ma, investe em Startup de Blockchain Symbiont

Várias empresas do setor buscaram patentes relacionadas à tecnologia nos últimos dois anos, incluindo a AT&T, a British Telecommunications PLC e a Verizon.

Como a Sprint, algumas empresas de telecomunicações têm procurado esforços colaborativos em torno da tecnologia blockchain. A Swisscom AG, de propriedade estatal, localizada na Suiça, tornou-se membro do projeto de blockchain Hyperledger, liderado pela Linux Foundation, em dezembro, e a duo Du, dos Emirados Árabes, se juntou ao Global Blockchain Council, de Dubai, no ano passado.

Outros, incluindo a francesa Orange, passaram a investir diretamente na área.


Siga nosso canal no Telegram e não perca uma notícia sobre Bitcoin: telegram.me/guiadobitcoin

Posts relacionados

Leia também  Bitcoin continua subindo e mais de $1.3 bilhões foram negociados em 1 semana: as Altcoins sobreviverão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *