Sony desenvolve blockchain para gerenciar direitos autorais

0 Comentários

A gigante japonesa de eletrônicos Sony desenvolveu um novo sistema de gerenciamento de direitos autorais baseado em uma blockchain que pode ter lançamento comercial.

De acordo com um comunicado à imprensa nesta segunda-feira, o sistema ajudará a gerenciar informações relacionadas aos direitos autorais para conteúdo digital, citando os educacionais como um caso de uso principal. Segundo a empresa, o seu novo sistema foi projetado para tornar esse processo mais eficiente, diferente do modelo atual executado manualmente pelas organizações do setor ou pelos próprios criadores.

Usando a plataforma, os participantes poderão compartilhar e verificar informações como data e hora da criação e detalhes do autor. Além disso, será possível automaticamente verificar a geração de direitos de uma obra escrita, acrescenta a empresa.

Conteúdos digitais como ebooks, música, vídeo, realidade virtual e outros são sustentados pelo novo sistema, que é baseado em uma plataforma similar desenvolvida anteriormente pelo conglomerado. A Sony diz que está considerando a possível comercialização do projeto como um serviço.

A empresa japonesa está atenta às novas tendências do mercado faz um tempo. No mês passado, uma pesquisa do iPR Daily, um meio de comunicação especializado em propriedade intelectual, mostrou que a Sony está entre as 30 principais empresas de patentes relacionadas à blockchain, tendo registrado pelo menos 20 pedidos. Notavelmente, alguns deles apontam para a direção que a Sony tomou com o sistema anunciado hoje.

Como divulgado em abril deste ano pelos veículos de comunicação, uma das patentes registradas no Escritório de Marcas e Patentes dos EUA descreve um conceito que armazena dados de direitos autorais usando blockchain. A empresa também entrou com pedidos de patentes de um sistema para autenticar e gerenciar dados educacionais.

 

Guia do Bitcoin

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.