Sobre a volatilidade do Bitcoin…

0 Comentários

O que podemos falar sobre a característica da volatilidade do Bitcoin? Recentemente, o CEO de uma plataforma de negociação descentralizada, a MARKET Protocol, chamado Collins Brown disse o seguinte:

“Por que a volatilidade do Bitcoin é ruim? Volatilidade é risco. Algumas coisas arriscadas são boas … O problema surge quando há muita volatilidade ou risco em relação ao uso desejado. As pessoas têm casos de uso diferentes para o Bitcoin. Muitos começam como uma reserva de valor ou o novo método de transação mais popular. Se a volatilidade do preço for muito alta, é difícil utiliza-lo dessa forma. Então o que fazer?”

A volatilidade do Bitcoin indica que ele precisa de tempo para amadurecer

Naturalmente, o Bitcoin precisa de um pouco mais de tempo para amadurecer e se desenvolver ao ponto de aproveitar todo o seu potencial e atingir estabilidade. Sua tecnologia ainda está em processo de desenvolvimento e mudanças e é necessário tempo para que as coisas aconteçam.

Sendo diferente de qualquer outra tecnologia que já vimos, parte da luta que o Bitcoin enfrenta é aumentar a conscientização e a compreensão das pessoas a respeito de si mesmo e de seu potencial. Quando mais pessoas entrarem nesse mercado, quando elas comprarem Bitcoin, mais rápido ele irá se estabilizar em termos de preço.

A volatilidade do Bitcoin indica que o mercado precisa de mais liquidez

“A volatilidade dos ativos de criptografia é um tipo de problema de quem veio primeiro, a galinha ou o ovo”, diz o autor Omid Malekan. O que faz o Bitcoin ser tão volátil é que os mercados ainda não terem tanta líquidez, e a melhor maneira de tornar os mercados mais líquidos é tornando o Bitcoin menos volátil! Deveria ser simples, né? De fato, o que precisamos é de mais pessoas para embarcar em um mercado arriscado para abaixar o risco, grande parte da questão gira em torno de como resolver esse enigma.

Outro dentre os principais problemas que causam a volatilidade do Bitcoin agora é que há muito dinheiro nas mãos de poucas pessoas. Grandes baleias podem criar enormes oscilações nos preços vendendo grandes quantidades.

Interesse institucional ainda não transformado em ação

Eric Larchevêque, CEO da Ledger, fabricante de carteiras de hardware com criptomoedas, declarou que “As empresas estão realmente as portas das criptomoedas. Mas eles estão esperando o máximo que puderem para investir.” Ou seja, os investidores institucionais estão esperando o melhor momento de entrar e enquanto eles não entram o mercado tende a ser mais volátil.

A infraestrutura geral das criptomoedas precisa ser melhorada

Somente o uso disseminado do Bitcoin e das altcoins como moeda real, levará à estabilidade desse mercado e para isso é necessário que a infraestrutura seja robustecida ainda. Isso não significa que devamos ser céticos quanto ao potencial desse mercado nem diminuir os grandes feitos realizados até aqui, mas indica que devemos admitir o óbvio e entender que as moedas digitais descentralizadas precisam melhorar muito a fim de termos a adoção que diminuiria a volatilidade.

Como superar a volatilidade do Bitcoin?

A volatilidade do Bitcoin continua a ser uma das principais barreiras à adoção em massa – se quisermos usá-lo como uma forma de pagamento. Se quisermos continuar especulando e negociando nas exchanges, talvez as flutuações massivas sejam boas. Talvez as stablecoins ou outros da interminável lista de criptos emergirão como a maneira mais segura e legítima de trocar valor. O tempo dirá!

Guia do Bitcoin

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.