Singapura planeja criar Dólar digital através da Blockchain Ethereum

O banco central de Singapura publicou uma análise do seu empreendimento que cria tokens digitais da moeda nacional emitidos em uma blockchain Ethereum privada.

Um recém-publicado relatório pela Autoridade Monetária de Singapura (MAS), revela detalhes de ‘Projeto Ubin’ seu esforço blockchain “que coloca uma forma de “tokenizar” o Dólar de Singapura (SGD) em uma blockchain”.

O projeto é parte do empreendimento conjunto do banco central com o consórcio de blockchain R3, que lançou, em novembro, o “R3 Asia Lab” em Singapura. Logo depois, o banco central anunciou o desenvolvimento de um projeto piloto de prova de conceito blockchain para facilitar pagamentos interbancários.

Em março deste ano, o MAS completou a primeira fase desse piloto e revelou o token que impulsiona a plataforma de blocos interbancários – uma moeda digital emitida pelo banco central. Os bancos participantes depositarão dinheiro como garantia em troca desses dólares digitalizados, com pagamentos e transferências entre bancos membros usando a moeda digital emitida pelo MAS. Por fim, os bancos trocariam a moeda digital em dinheiro.

Leia também  Ethereum Classic? Entenda o porque o ETH se dividiu em dois e ainda é inseguro

Agora, em seu relatório que acompanha o slogan “O futuro está aqui”, o MAS revelou descobertas detalhadas do Projeto Ubin.

Um trecho técnico dos resultados da Fase 1, completado com sucesso aponta para:

Um protótipo de transferência interbancária em uma rede Ethereum privada … (e) integração com sucesso entre a rede Ethereum privada e MEPS +.

O MEPS + é o sistema de pagamento eletrônico operado pelo banco central, a plataforma nacional de pagamentos que permite pagamentos nacionais e internacionais em Singapura.

O banco central também testou o Quorum desenvolvido pela JPMorgan, uma implementação privada de Ethereum com um foco aprimorado na privacidade de dados. Uma das principais observações inclui:

  • Quorum substitui o modelo de consenso de prova de trabalho por um modelo baseado em votação.
  • A taxa de transferência foi observada como maior em relação ao protocolo Ethereum.
Leia também  Wallet de Bitcoin "Zap" beta é lançada, utilizando a Lightning Network

Em última análise, um resumo das descobertas da Fase 1 concluiu que “foi bem sucedido, pois reuniu uma ampla gama de partes (incluindo bancos não membros R3, bancos membros R3, Exchange de Singapura e BCSIS como fornecedor de tecnologia).

O MAS também revelou que também emprestou do Projeto Jasper, um esforço semelhante realizado pelo seu homólogo canadense, o Banco do Canadá.

“Especificamente, a arquitetura, código e lições aprendidas com o Projeto Jasper foram consideradas e aplicadas no contexto de Singapura para o Projeto Ubin”, escreveram os autores do relatório.

As próximas fases do projeto se concentrarão em “liquidação de títulos através do desenvolvimento de DvP (Entrega versus Pagamentos) e pagamentos transfronteiriços (PvP)”, concluiu o relatório.

“Estamos ansiosos para as próximas fases do nosso projeto, que desenvolverão aplicativos de avaliação para liquidação de títulos e pagamentos transfronteiriços”, afirmou o chefe do banco central, Sopnendu Mohanty.

Leia também  Parlamento Ucraniano propõe que Bitcoin seja uma propriedade legal

Fonte: cryptocoinsnews.com

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *