SegWit: 04 lições que o Bitcoin pode aprender com a Litecoin

 

O grande dia da ativação da Segwit está chegando, e então o que acontecerá quando a mudança do código for “ao vivo”? O que temos visto nas comunidades internacionais é apenas teoría, mas podemos olhar o exemplo da Litecoin para compreendermos um pouco o que está por vim.

Após algumas discussões controversas entre mineradores e usuários, a litecoin, a quarta maior rede de blocos públicos, conseguiu impulsionar o SegWit três meses atrás. Por isso muitos acreditam que o litecoin, que é quase um “fork” do bitcoin, pode atuar como uma plataforma de teste para o SegWit, fornecendo informações reais.

Veja o que os diretores do projeto têm a dizer sobre os resultados:

1. SegWit está funcionando (até agora)

Provavelmente, o take-away mais importante é que a SegWit não levou trouxe problemas na própria rede de litecoin – a partir de meados de junho, a Fundação Litecoin informou que não houve “nenhum problema”.

Isso é importante devido à quantidade de conflitos que a mudança criou no ecossistema bitcoin.

Alguns críticos argumentaram que o SegWit era muito complexo e colocava a rede em risco. Por exemplo, sugeriu-se que se o SegWit fosse ativado (e outras mudanças fossem feitas no bitcoin no futuro), os mineradores poderiam roubar as moedas de certos tipos de endereços.

Leia também  Conheça a IOTA e sua "Rede Flash"

A reivindicação foi posta à prova na rede litecoin, um usuário criou uma recompensa de $ 1 milhão de litecoin usando um endereço SegWit. Anexado também foi uma nota que dizia: “Veja se o segwit é realmente isso que estão dizendo “fácil de ser invadido” e “qualquer um pode gastar”.

Até agora, ninguém tomou posse da recompensa.

2. Com o SegWit as transações estão aumentando

Os diretores da Fundação Litecoin Xinxi Wang e Franklyn Richards admitiram que não houve muitas transações da SegWit na rede até o momento. Na verdade, as afirmações dos diretores sejam sem medições precisas.

As transações enviadas para carteiras habilitadas para SegWit parecem idênticas a outro tipo de transação, o que significa que elas não podem ser monitoradas.

Como tal, a Heonicke compilou uma lista de transações de litecoin SegWit enviadas por carteiras que suportam o novo tipo de transação. De acordo com seus dados, cerca de 100 em 10.000 transações totais por dia são transações da SegWit.

3. As empresas estão apoiando a mudança

E enquanto Heonicke reconhece que a lista está incompleta por causa da discrepância em como as transações podem ser medidas, ele notou uma tendência.

“O número está aumentando à medida que o apoio aumenta”, disse ele, apontando para o anúncio da carteira de hardware Trezor em 7 de junho que estava  adicionando o SegWit como seu tipo de transação padrão. Depois disso, ele disse, houve um salto notável (de quase zero para dois dígitos) no número de transações Litecoin SegWit acontecendo por dia.

Leia também  Paris Hilton se afastou de ICO da "LyndianCoin" devido a problemas legais

E à medida que as carteiras e exchangesde litecoin tomam as medidas para suportar a mudança de código, é mais provável que sigam as transações SegWit. De acordo com Richards, outras carteiras, como o LoafWallet, estão avançando em uma atualização da SegWit.

Em contraste, muitas carteiras de bitcoin  já suportam o SegWit, já que antecipam a mudança há mais de um ano, é provável que o bitcoin veja mais uso do recurso.

Richards também argumentou que existem diferenças importantes entre litecoin e bitcoin que tornam a SegWit menos crucial para o seu funcionamento. Ou seja, litecoin não tem o mesmo volume de transação.

“A parte de escala do SegWit é importante para o bitcoin afim de tentar aliviar o congestionamento da rede, algo que na litecoin não acontece”, disse Richards.

As empresas da Litecoin não sentem a mesma urgência para atualizar seu software para suportar a mudança.

4. Algumas carteiras e usuários tiveram problemas 

As medidas de aprovação, Hoenicke apontou algumas outras questões técnicas “menores”.

Leia também  Ex-executivo da JPMorgan diz ao atual CEO: "STFU sobre o bitcoin"

Por causa de um erro na carteira móvel litecoin Electrum-LTC, as versões antigas do software “quebrariam” quando os usuários enviarem uma transação SegWit para as carteiras.

Hoenicke observou outro problema que, embora específico para litecoin, destaca a confusão do usuário quando as coisas são alteradas. Como a litecoin está no processo de introdução progressiva de um novo tipo de endereço, alguns usuários precisavam converter entre os dois tipos.

“Alguns acidentalmente enviaram bitcoins para seu endereço SegWit de litecoin depois de usar a ferramenta de conversão e agora precisam esperar que o SegWit seja ativado no bitcoin”, disse Hoenicke.

Embora estes sejam problemas que enfrentam empresas e usuários específicos, experiências ruins do usuário podem causar descontentamento na comunidade bitcoin, especialmente porque já houve uma longa luta pela mudança.

Fonte: coindesk

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Receba notícias diárias sobre Criptomoedas:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Linkedin: https://www.linkedin.com/guiadobitcoin

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *