Samsung 10 virá com “carteira” para criptomoedas ou não?

3s Comentários

 

tela do samsung s10 com a imagem de uma carteira de criptomoedas

Aquele que pode ser um dos maiores potenciais catalisadores do crescimento da popularização das criptomoedas este ano ainda está causando um pouco de confusão entre os aficionados por criptomoedas. A pergunta que não quer calar: O Galaxy S10 da Samsung vem com uma carteira de criptomoedas pré-instalada ou não?

O mais recente lançamento da Samsung, o Galaxy S10 causou uma agitação entre os entusiastas das criptomoedas. Várias imagens vazadas e propagandas levaram à suposta revelação de que o dispositivo terá uma carteira de criptomoedas que atualmente suporta vários tokens Ethereum (ETH) ERC-20 e uma série de aplicativos descentralizados (dApps).

No entanto, ainda há algumas dúvidas relacionadas a esse assunto. A carteira vem pré-instalada ou não, ou é simplesmente um aplicativo exclusivo. As diferenças entre essas duas possibilidades não podem ser ignoradas.

Em primeiro lugar, a pré-instalação pressupõe que a carteira de criptomoedas é importante para a Samsung e não uma simples jogada de marketing, mostrando que a empresa está ciente da importancia cada vez maior das criptomoedas.

Uma carteira nativa também aumenta a popularização das criptomoedas, com os usuários descobrindo a utilidade de uma carteira de criptomoeda, em vez de baixar manualmente e instalar por conta própria.

Um exemplo disso que estamos falando é a carteira da Apple e aplicativos da Apple Pay, que vêm pré-instalados em todos os iPhone. Sua utilidade é óbvia, permitindo o armazenamento integrado de pagamentos e permitindo pagamentos NFC. Sua base de usuários é enorme, com mais de 252 milhões de usuários, o que equivale a 31% dos usuários de iPhone. No entanto, se esse não fosse um recurso pré-existente do iPhone, quantas dessas pessoas usariam o Apple Pay?

Já se a carteira for um aplicativo exclusivo, tudo indica que serão utilizados em sua maioria por usuários que já utilizam e conhecem as criptomoedas. Quantas vezes você buscou aleatoriamente em uma loja de aplicativos por algo revolucionário?

Como podemos ver a resposta a essa questão pode influenciar e muito a popularização das criptomoedas no mundo. O telefone foi lançado oficialmente e os usuários que já compraram estão divulgando informações divergentes acerca do assunto, vejamos:

Ryan Sean Adams, fundador da empresa mythos crypto investment capital, twittou que o S10 veio com uma carteira nativa:

O tweet dele recebeu um comentário, que apontou que a carteira requer instalação, Adams respondeu que a versão coreana do S10 inclui integração com carteira:

Adams destaca que o Samsung Blockchain Keystore é construído por padrão, ele divulgou a captura de tela da seção de configuração do s10 como prova:

print da tela do samsung s10

A Samsung respondeu aos comentários de um usuário, a resposta da Sasmsung revelou um pouco mais sobre o assunto, vejamos:

A subsidiária da Samsung na Austrália, em seguida, também respondeu e disse que os clientes australianos nunca receberam a promessa de o aparelho vir com a carteira de criptomoedas:

Pré-instalado ou não?

Então o que está acontecendo? Existem diferentes modelos do S10? Alguns vem com a carteira pré-instalada, alguns exigem instalação?

Infelizmente, a Samsung não foi clara e ainda não respondeu. Embora, de acordo com os relatos de inúmeros usuários, a resposta parece ser não.

No entanto, apesar da falta de integração, isso ainda marca uma ocasião muito importante na adoção de criptomoedas. Claramente, a Samsung a considera importante o suficiente para incluir o Blockchain Keystore e os recursos de carteira de criptomoedas como principais recursos do telefone. Além disso, também estabelece um precedente para os concorrentes da Samsung aumentarem seus esforços em oferecer produtos relacionados as criptomoedas. Quem sabe, pode ser a Apple em seguida …

Leia mais: Enjin Coin sobe 75% após parceria com a Samsung

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.