Russos são acusados de interferir nas eleições dos EUA usando criptomoeda

0 Comentários

A Justiça dos EUA está acusando 12 supostos agentes russos, que usaram criptomoedas para intervir e influenciar a campanha presidencial norte-americana em 2016.

Segundo o documento, em março de 2016, os acusados invadiram os emails de voluntários e componentes da equipe de campanha do Partido Democrata da candidata Hillary Clinton, a fim de roubar informações e interferir no desenvolvimento das eleições presidenciais.

Conforme as investigações, os russos usavam criptomoedas para comprar servidores, registrar domínios e pagar por hackers. Um dos agentes chamado, Grushnikov é acusado de lavagem de dinheiro usando bitcoin.

“Alguns dos bitcoins usados ​​pelos agentes de inteligência russos foram obtidos por mineração. A criptomoeda foi usada, em particular, para pagar o registro do domínio http://dcleaks.com através de uma empresa de processamento de pagamentos localizada nos EUA” , disse o ex-chefe do FBI Robert Mueller.

Segundo o FBI, os acusados compraram bitcoin em diversas exchanges, usando cartões pré-pagos afim de assegurar que tudo fosse realizado em absoluto anonimato. O site DCLeaks, criado em junho de 2016, foi meio usado pela divulgação de vazamentos das cartas de vários funcionários de alto escalão do governo e representantes das forças armadas dos EUA. O site está offline desde março de 2017.

Leia também  BitPay lança cartão de débito de Bitcoin em parceria com a VISA

A justiça dos EUA, afirmam que essas ações fazem parte da operação militar russa, e de algum modo estão ligadas ao grupo russo de hackers Fancy Bear. Não se sabe ainda se esse o caso, influenciará a regulamentação da indústria de criptomoedas nos Estados Unidos.

Fonte: forklog

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, “CFD”) é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos.

Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro.

As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco.

Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco.

O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.