Repressão da China faz preço do Bitcoin oscilar

1 Comente

O banco central da China disse que queria investigar a manipulação de mercado, lavagem de dinheiro e financiamento não autorizado.

Exchanges chinesas da moeda digital viram o preço do Bitcoin cair mais de 16%.

Essa iniciativa na verdade foi uma tentativa de Beijing de reprimir a saída do dinheiro que sai do país de forma ilegal. O enfraquecimento do yuan levou muitas pessoas a comprar moedas estrangeiras e principalmente o bitcoin.

O Bitcoin subiu para registrar máximas de preços nos primeiros dias de 2017, um aumento atribuído em grande parte à forte demanda da China, onde ocorre a maioria dos negócios em Bitcoin.

O banco central chinês disse que as investigações foram focadas em como as exchanges implementam políticas de troca, incluindo o “gerenciamento do mercado forex e a anti-lavagem de dinheiro”.

Estejam preparados pois o preço do Bitcoin vai continuar oscilando, aproveitem a oportunidade para lucrar.

Há muitas hipóteses sobre o papel que a China tem desempenhado na ascensão e queda do preço do Bitcoin. Mais do que tudo, isso indica o fato de que a China foi o principal mercado de Bitcoin em termos de comércio e volume.

Fonte: bbc.com

Escreva um comentário

1 Comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.