Reino Unido testa blockchain para números de telefone

0 Comentários

 

O órgão regulador de Comunicações do , conhecido como Ofcom, recebeu 700 mil libras do Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial para analisar como a pode melhorar o gerenciamento dos números de fixo.

O projeto pretende trabalhar com números da indústria, incluindo empresas, universidades, entre outros, para testar o gerenciamento da tecnologia a partir de agora até abril de 2020. O post do blog da Ofcom explica a mudança.

“Aproximadamente um bilhão de números de telefones fixos estão disponíveis no Reino Unido em uso ou reservados para locação. São emitimos blocos desses números para as operadoras que gerenciam a portabilidade. Os sistemas existentes utilizados para este processo serão desafiados à medida que as redes de telecomunicações convergem da telefonia analógica tradicional para uma infraestrutura totalmente IP.”

A postagem detalha as maneiras pelas quais a mudança para a blockchain pode melhorar o sistema, considerando uma melhor experiência, custos mais baixos e gerenciamento mais eficaz de chamadas fraudulentas e incômodas.

Outros benefícios citados são em relação a maior transparência entre usuários e o uso de software de código aberto. Além disso, é resiliente porque o banco de dados numérico pode ser replicado com cada usuário que tenha acesso a uma cópia. As atualizações também podem ser vistas em tempo real por todos.

Mansoor Hanif, diretor de tecnologia da Ofcom, também explica as vantagens disso: “Trabalharemos com a indústria para explorar como a blockchain pode tornar mais rápido e fácil para os clientes de telefonia fixa mudar de fornecedor, mantendo seu número, além de reduzir as chamadas incômodas. E expandiremos nossa pesquisa em outras áreas onde essas e outras tecnologias inovadoras podem ser aplicadas para beneficiar os consumidores.”

Guia do Bitcoin

Leia também  "O Bitcoin parece uma bolha e não entendo tanta histeria", diz investidor bilionário Carl Icahn