Rede social “VK” lança criptomoeda própria

0 Comentários

As redes sociais parecem estar cada vez mais interessadas nas criptomoedas. Temos a Gram, que está sendo desenvolvida pelo Telegram e a aguardada moeda do Facebook. Porém, enquanto essas redes sociais ainda não lançaram nada oficialmente, a gigante mídia social russa Vkontakte (VK), lançou uma criptomoeda interna chamada VK Coin, que pode ser minerada.

As informações são do portal Tass, com agradecimentos espeicias ao Cointelegraph.

O lançamento aconteceu depois de notícias que afirmavam que a rede VK estava lançando uma criptomoeda própria. Porém, vale mencionar que as informações sobre VK Coin não deixam claro se a moeda é baseada na tecnologia de blockchain. Isso levanta um ponto importante, afinal, se uma “criptomoeda” não está na blockchain e não é descentralizada, ela é realmente uma criptomoeda ou é apenas um dinheiro virtual (como os V-bucks do Fortnite, por exemplo.)?

Apesar da falta de clareza, o site encoraja os usuários a “minerar” a moeda através dos serviços VK.

O serviço funciona através de um jogo de clicker para celular que deixa os usuários ganhar as criptomoedas de uso interno na rede social. A moeda pode ser usada para transações entre usuários. O serviço está disponível para iOS e Android, de acordo com o Tass.

Por padrão, o jogo gera 0.001 VK, porém jogadores podem comprar aceleradores para ganhar mais moedas. As compras são feitas com a própria “cripto”.

Por volta de 5 de abril, a mineração de VK coin já tinha mais de 4 milhões de usuários, com o usuário mais “rico” minerando mais de 890 milhões de moedas. Segundo notícias locais, alguns usuários estão trocando as moedas entre si por fiat ou por serviços digitais.

A VK se negou a comentar se a moeda tem ligação ou pretende ter ligação com a tecnologia de blockchain.

Veja também: Analista acredita que o novo rali do Bitcoin “é muito mais válido que o anterior”

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.