Quem usa o Bitcoin e as Criptomoedas?

2s Comentários

Algumas pessoas se perguntam: que tipo de pessoa usa o Bitcoin e as criptomoedas na prática? Geralmente, há três tipos de pessoas que o fazem: os que acreditam; os que precisam; e os que querem lucrar com o potencial desse mercado. Essa divisão nos diz bastante também também sobre as pessoas que (ainda) não usam nenhum criptoativo na prática.

Os que acreditam nas Criptos usam as Criptos

As primeiras pessoas a usar o Bitcoin e as demais criptomoedas foram e ainda são os entusiastas, também conhecidos como early-adopters (os primeiros a adotar). Eles provavelmente reconheçam que transacionar bitcoins ainda não é algo tão simples e fácil a pronto de fazer todas as pessoas terem vontade de experimentar a maravilhosa novidade. Mas eles também reconhecem que essa tecnologia pode mudar o mundo e precisa ser usada na prática até mesmo para seu amadurecimento até o ponto de poder ser ofertada e usada pelas pessoas de uma forma geral. Muitos usuários bastante ativos do Bitcoin o usam não por necessidade ou nem mesmo para enriquecer, mas somente para estarem atuando em algo que eles acreditam firmemente.

Os que precisam daquilo que só as Criptomoedas podem oferecer

Há certas coisas que só as criptomoedas podem fazer hoje, e as pessoas que desejam/necessitam essas coisas não tem outra alternativa. Se você precisa de um meio para fazer remessas rápidas e a longas distâncias, dentro ou fora de fronteiras nacionais, você provavelmente perceberá que aquilo que as criptomoedas oferecem nesse quesito é insuperável e muito provavelmente as pessoas que usam o Bitcoin para esse fim, o fazem por necessidade. Por que nenhuma outra solução do mercado consegue atender sua demanda com o mesmo nível de qualidade. Essas pessoas estão usando criptos por seu valor e utilidade para suas transações e representam o primeiro grupo beneficiado diretamente pela construção dessa rede.

Os que querem lucrar com o potencial desse mercado

A maioria das pessoas que usa o Bitcoin e as Criptomoedas está na categoria daqueles que buscam nesse mercado uma forma de auferir lucros (quanto maiores melhor, naturalmente). Eles não são necessariamente entusiastas da “descentralização”. Talvez eles nem saibam explicar a que se refira o termo “mineração”, mas eles estão de olho nas oportunidades de lucro que o mercado pode lhes oferecer. Esse é um grupo às vezes olhado com desconfiança, mas eles são responsáveis por grande parcela das transações e certamente a popularização das criptomoedas se dará também devido ao trabalho e envolvimento dessas pessoas no mercado.

Quem não usa as Criptomoedas?

As últimas considerações que eu posso fazer à luz do que já foi dito, tem que ver com as pessoas que não usar as moedas digitais descentralizadas. Quem são elas? São os que as desconhecem (ou as conhecem, mas por algum motivo ainda não se entusiasmaram com a ideia); os que não (ainda) precisam delas; e aqueles que não correm risco de jeito nenhum em nome de quaisquer possíveis lucros.

Há muitas pessoas que não conhecem as moedas digitais ou só as conhecem de ouvir falar muito superficialmente. Essas pessoas não têm base suficiente para se tornarem entusiastas. A forma de superar isso é a educação em níveis iniciantes, intermediários e avançados nessa área. Tudo a fim de que as pessoas conheçam essa tecnologia, se apaixonem por ela e assim se tornem usuários.

Aqueles que não precisam usar nenhuma criptomoeda, podem começar a precisar uma vez que o mercado estiver mais maduro. A tarefa de oferecer uma melhor experiência para o usuário resume a busca pelo santo graal nesse universo. Com o tempo os casos de uso aumentarão e as pessoas vão perceber a utilidade do sistema e passarão a sentir necessidade de usá-lo a partir das facilidades que ele traz.

Por fim, ensinar as pessoas a negociar com poucos valores e lhes ajudar a entender como arriscar com o máximo de segurança possível num mercado de risco pode ajudar a quebrar algumas barreiras que algumas pessoas têm sobre a negociação desses ativos digitais descentralizados.

O importante é usar as criptmoedas e ajudar os outros a usar, para fomentar a revolução da descentralização.

Ezequiel Gomes

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Escreva um comentário

2 Comentários

Olá Ezequiel, parabéns pelos artigos! Estou fazendo minha parte aqui em uma cidade do norte de Santa Catarina. Sou dentista e moro em São Bento do Sul e aceito Bitcoin no meu consultório. Segue uma entrevista que fiz no Bitmapa: https://www.bitmapa.com/ent…Abraços!!Ah, estamos organizando uma palestra para apresentar o Bitcoin por aqui: bit.ly/2LLpGRS Assim vamos difundindo essa ideia!

postagem erradadesculpe, não consigo excluir

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.