Por que existem tantas criptomoedas?

0 Comentários

As cresceram muito, todo o mercado atualmente vale cerca de US $ 500 bilhões em termos de capitalização de mercado. Embora esta seja uma diminuição significativa da capitalização de mercado das que alcançou um total de US $ 800 bilhões no início de janeiro deste ano, a base de mercado total de todas as apenas em dezembro de 2016 era US $ 16 bilhões. A marca dos US $ 100 bilhões não foi alcançada até meados de 2017, o que significa que houve um crescimento inacreditável nos preços das nos últimos meses.

Então, o que está gerando esse enorme ganho de valor? Embora seja frequentemente chamado de bolha e pura especulação, até certo ponto é correto, mas na verdade as criptomoedas em um sentido geral oferecem uma alternativa à moeda fiduciária. Em um mundo em que bilhões de pessoas não possuem acesso e não podem ter acesso ao sistema bancário estabelecido por diversos motivos, as criptomoedas oferecem uma alternativa para que estes se juntarem à global. O foi o pioneiro e o primeiro de seu tipo, mas agora há mais de 1.500 criptomoedas disputando um pedaço do bolo.

Por que tantas criptomoedas?

Enquanto o Bitcoin foi a primeira criptomoeda e desde então tem sido a maior em termos de capitalização de mercado, muitas “alternativas” foram lançadas com variações no protocolo Bitcoin e na tecnologia subjacente, a blockchain. As alternativas variam de muitas maneiras, desde diferenças puramente tecnológicas até variações básicas no propósito da criptomoeda. Um exemplo de uma diferença tecnológica simples é o número total de moedas que existem dentro de uma criptomoeda específica. Enquanto o Bitcoin tem um limite de 21 milhões de moedas a  tem um total de 100 bilhões de criptomoedas, a não possui um limite máximo.

Leia também  Lançamento do Bitcoin Core 0.16.0 com suporte total para o SegWit

As criptomoedas também variam de acordo com o uso pretendido e a visão de sua equipe. A , a cripto nº7 de hoje por capitalização de mercado, tem como objetivo criar uma economia inteligente baseada em ativos digitais, identidade digital e contratos inteligentes. Em contraste, a Stellar, a cripto nº8 por capitalização de mercado, é focada principalmente em manipulação de transações transfronteiras mais baratas. Logo depois delas, a nº9 de hoje, a está focada em uma plataforma de aplicativos descentralizada. Embora todos estes pareçam semelhantes, o que são, essa variedade na “solução” proposta pelas criptomoedas é a principal contribuição para esse grande número de criptomoedas que estamos vendo hoje.

Porém, muitas criptomoedas diferentes não é uma coisa nova. Já em dezembro de 2014, quando a capitalização de mercado total das criptomoedas era de cerca de US $ 5 bilhões, já existia mais de 500 criptomoedas. Esse número hoje é de mais de 1.500 e cresceu muito em 2017 graças principalmente a uma enorme surgimento das ofertas de iniciais moedas. Conhecidas como ICOs, esses produtos aumentaram cerca de US $ 5 bilhões em 2017 sozinhos através de mais de 700 novas moedas oferecidas. Embora existam fraudes que simplesmente roubaram o dinheiro das pessoas, a explosão para 1.500 criptomoedas foi definitivamente impulsionada por essas ofertas de moedas.

E o futuro?

A longo prazo, ter milhares de criptomoedas é uma certeza. O que não é muito claro é qual grupo deles vai chegar e permanecer no topo. O Bitcoin tem sido a criptomoeda nº 1, desde o início, mas sua liderança em relação as outras diminuiu drasticamente. O Bitcoin atualmente representa cerca de 35% da capitalização de mercado total. Nunca mergulhou abaixo de 75% até 2017 e diminuiu constantemente à medida que várias criptomoedas absorveram participação de mercado. Hoje, a Ethereum comanda cerca de 20% do mercado e a Ripple aumentou para quase 10% da participação total do mercado. Existem, no entanto, muitas criptomoedas com pequenas fatias do mercado, já que as 25 principais moedas representam cerca de 90% do mercado total. Isso significa que as outras 1.500 compartilham os 10% restantes, o que ainda representa US $ 50 bilhões,

Leia também  Mais de 800 criptomoedas no mundo valem menos que um centavo

Como mencionado, houve uma queda recente da capitalização de mercado. Para os céticos, isso tem sido a “prova” de que as criptomoedas estão indo para o buraco, mas está bem claro que esta é apenas mais uma retração e que o mercado em breve irá se recuperar. Os preços já aumentaram novamente, ainda não alcançaram as máximas históricas do início de janeiro, mas estão se movendo nessa direção de novo. Há boas razões para investir em criptomoedas com objetivos no longo prazo. Enquanto numa negociação diária pode trazer um pouco de dinheiro rápido, no longo prazo há muitos motivos para acreditar nas criptomoedas. Que incluem:

  1. As criptomoedas atenderam os não bancarizados do mundo dando-lhes acesso à economia global
  2. As criptomoedas competem com o setor financeiro existente para reduzir os custos de transação e aumentar a eficiência
  3. A blockchain é profundamente robusta, inovadora e só irá melhorar
  4. Todos os investimentos atuais têm gerado muitos talentos neste novo ramo tecnológico
  5. As moedas mundiais são centralizadas, e as criptomoedas oferecem uma alternativa menos governamental
Leia também  Governo russo trabalha em ferramenta para rastrear transações de criptomoedas

Considerações finais

Em geral, o potencial das criptomoedas é enorme, mas como o fundador da Ethereum disse em dezembro, assim que a capitalização de mercado quebrou a marca dos US $ 500 bilhões: “O que nós ganhamos?” Ele está destacando que grande parte do crescimento ndos mercados de criptomoedas tem sido especulativa e não necessariamente vinculada ao avanço real em relação aos objetivos declarados de cada criptomoeda. Embora existam muitas especulações ocorrendo no cripto-universo atualmente, não podemos negar que houve um crescimento gigantesco na adoção das criptomoedas. A foi responsável pela criação de cerca de 10 milhões de novas contas em 2017 e se tornou um dos principais aplicativos financeiros da Apple App Store.

Com o crescimento, veio os problemas, milhões de transações diariamente sobrecarregaram a rede e trouxe muito incomodo para os usuários, mas essa é a única maneira da criptomoedas mostrar verdadeiramente seu valor, sendo usada. É por isso que notícias como o sistema LitePay da LiteCoin, ou qualquer outra notícia de criptomoedas sendo adotadas de forma concreta em contextos convencionais, constantemente oferecem impulsos ao mercado. Com tantas pessoas trabalhando em mais de 1.500 criptomoedas, enquanto algumas tem motivações ruins, sem dúvida haverá uma continuação de integrações e aplicativos para essa tecnologia. Enquanto a viagem pode ser turbulenta, no longo prazo o futuro parece muito promissor para as criptomoedas.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]