Polícia de Tóquio prende hacker da Monappy

0 Comentários

Um jovem de 18 anos de Utsunomiya, Japão, foi indiciado criminalmente por roubar mais de $130 mil (quase R$500 mil) em criptomoedas depois de hackear a rede social Monappy e carteiras web Monacoin.

De acordo com informações da Japan Today, o ladrão roubou 93.078,7316 Monacoins de mais de 7735 usuários da Monappy entre 14 de agosto e 1 de setembro do ano passado. O hacker utilizou um smartphone com o navegador Tor para tentar se manter anônimo. Porém, acabou que não funcionou, considerando que a polícia o encontrou depois de analisar dados fornecidos pela plataforma de criptomoedas hackeada.

O ladrão foi citado dizendo “Eu senti que tinha encontrado um truque que ninguém sabia e fiz os ataques como se eu estivesse jogando um vídeo-game”.

Leia também  Bitstamp torna-se a primeira Bolsa de Bitcoin Licenciada do Mundo e atua nos 28 países da União Européia

Como foi anunciado pela Monappy, depois de detectar os ataques, ela descobriu que o hacker abusou de uma fraqueza no sistema de recompensas do site que permitia que ele ficasse enviando Monacoins de presente para si mesmo.

Seguindo o ataque, a Monappy anunciou ainda em novembro que os serviços seriam desativados até que a segurança fosse atualizada com a ajuda de especialistas externos. Até o momento, o site continua fora do ar.

Segundo anúncio:

“Desde o dia 1 de setembro, 2018, o serviço de wallet Monacoin, Monappy, que foi assumido pela nossa companhia, foi obrigado a fechar seus serviços por causa de um roubo de Monacoins. Nós queremos nos desculpar com todos que usaram a plataforma e todos os envolvidos.

Nós completamos os reparos diretos dos defeitos e outros problemas que causaram o ataque e estamos atualmente conduzindo uma verificação final de segurança com uma empresa especializada. Se conseguirmos confirmar que não há problema com a segurança, nós vamos anunciar uma data de reabertura e recomeçar os serviços o mais rápido possível para que você possa realizar saques.”

Leia também  Airbnb acaba de adquirir uma equipe de especialistas em Bitcoin e Blockchain

O japonês de 18 anos foi indicado por fraude eletrônica e ocultação de crimes por ter movido as criptomoedas para exchanges e convertê-las em outros ativos digitais. A polícia de Tóquio disse que essa é a primeira vez no Japão que é alguém é preciso por ataques hackers relacionados a criptomoedas.

Veja quais foram as moedas que mais valorizaram desde a sua criação!

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.