Plenário aprova indicação de Presidente do Bacen favorável à blockchain e criptos

0 Comentários

Quem acompanha as notícias do criptomercado aqui no Guia do Bitcoin sabe que muito progresso está sendo feito para melhorar a adoção e a regulamentação das criptomoedas. Um fator que ajuda bastante nesses pontos é ter pessoas favoráveis à tecnologia de blockchain em cargos e posições que podem alavancar o uso da tecnologia.

Felizmente, o Brasil parece que não vai ficar  para trás nesse importante ponto, considerando que um economista favorável à tecnologia de blockchain foi aprovado como Presidente do Banco Central.

Segundo informações do Senado Notícias, Roberto Campos Neto foi aprovado pelo Plenário com 55 votos favoráveis e seis contra para ser o novo presidente do Banco Central. A votação foi realizada no meio dessa semana, no dia 26.

Já para o cargo de diretores da instituição, foram aprovadas as indicações de Bruno Serra Fernandes, com 51 votos a favor e três contra, e de João Manoel Pinho de Mello, com um total de 53 votos a favor, três votos contra e uma abstenção.

No mesmo dia, no período da manhã, o CAE, Comissão de Assuntos Econômicos, tinha aprovado a indicação dos três nomes em uma sabatina. Agora, a aprovação das indicações pelo plenário vai ser passada para o Presidente da República.

Leia também  Registre um domínio na internet pagando com Bitcoins

Durante a votação e a discussão do assunto, o senador Otto Alencar (PSD-BA) elogiou e defendeu a posição de Roberto Campos ao atuar na redução de juros. Major Olímpio (PSL-SP) aproveitou para atacar as taxas de juros, dizendo que as “malditas” taxas inviabilizam a sobrevida, tanto do cidadão quanto dos empresários e empreendedores.

Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) ressaltou todo o profissionalismo, experiência e preparo que os indicados demonstraram na sabatina. A escolha de Roberto Campos Neto parece ter agradado muitas das figuras públicas relacionadas à votação e até mesmo ao CAE.

Porém, como já dissemos, a indicação também pode ajudar bastante o avanço da tecnologia de blockchain e até mesmo as criptomoedas dentro do cenário nacional.

Presidente do Banco Central e a Blockchain

Roberto Campos Neto, que foi indicado pelo próprio Presidente da República e pelo Ministro de Economia, já demonstrou ter não só interesse na blockchain, mas também no avanço da tecnologia do sistema financeiro e do Banco Central.

Ao ser indicado, Campos Neto precisou enviar uma carta para o Senado, um procedimento comum para a aprovação de todos os indicados. Segundo a Reuters, no documento ele falou sobre a sua trajetória, que inclui a tesouraria do banco Santander, além de ter tecido afirmações animadoras para quem aguarda uma melhor aceitação da blockchain por instituições e governos.

Leia também  Lista de sites para vender produtos e serviços em Bitcoin

Um dos trechos da carta publicada pela Reuters diz:

“Tenho estudado e me dedicado intensamente ao desenho de como será o sistema financeiro do futuro. Participei de estudos sobre blockchain e ativos digitais. Uma das contribuições que espero trazer para o Banco Central é preparar a instituição para o mercado futuro, em que as tecnologias avançam de forma exponencial, gerando transformações mais aceleradas.”

A fala do agora aprovado Presidente do Banco Central sinaliza que ele provavelmente vai seguir com o plano de Ilan Goldfajn, atual presidente do Bacen, que acabou por alavancar o avanço de empresas fintechs. Porém, os investidores esperam que o novo indicado traga ainda mais entusiasmo e muito mais avanço para o setor.

Felizmente, Roberto Campos Neto não é o único entre os indicados aprovados que tem uma visão positiva sobre a tecnologia no sistema financeiro.

Leia também  Agora você pode comprar imóveis com bitcoins

João Manoel Pinho de Mello, indicado como diretor do Bacen, também indicou ser favorável à tecnologia dentro da instituição, segundo informações do Valor Econômico e Criptomoedas Fácil.

Mello foi citado dizendo:

“A tecnologia resolverá, cedo ou tarde, quaisquer problemas concorrenciais que possam haver no mercado bancário, não só brasileiro como em outros países. A evidência sugere que a tecnologia está derrubando barreiras à entrada e retirando as vantagens competitivas que a escala dá ao modelo bancário tradicional. Para nos aproveitarmos desse enorme potencial, a regulação dos mercados de crédito e capitais têm que facilitar que a tecnologia floresça.”

A tecnologia de blockchain tem a capacidade de mudar drasticamente a forma que diversas instituições lidam com valores financeiros, além de muitas outras utilidades. Os países em desenvolvimento podem ser grandes beneficiados do que a descentralização e as criptomoedas podem oferecer.

Portanto, ter alguém em uma posição tão importante que está favorável a essas novas tecnologias pode ser um importante marco para a economia nacional como um todo.

Veja também: Tron diz que tem planos para alcançar 1 bilhão de usuários!

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.