Pesquisa indica que 70% dos usuários não usa criptos para pagamentos

1 Comente

A Fundação para Operabilidade Interwallet (FIO, na sigla em inglês), é um conjunto de diversas carteiras de criptos, exchanges e processadores de pagamentos. A organização realizou uma pesquisa com mais de 200 participantes do criptomercado. Eles perguntaram diversas questões sobre as suas experiências em transação para tentar descobrir mais sobre o problema da usabilidade em massa das criptos.

Os resultados mostraram que durante 2018, apenas 30% dos usuários enviaram moedas para outra pessoa ou serviço ao menos uma vez por mês. 43% dos entrevistados enviaram moedas para outra conta ou fizeram compras usando criptomoedas apenas algumas vezes durante todo o ano e 27% não movimentaram suas moedas em momento algum. Isso quer dizer que 70% dos holders nunca ou quase nunca usaram suas criptomoedas para qualquer tipo de pagamento durante o ano passado.

A pesquisa também descobriu que 13% dos usuários nunca usaram uma carteira para guardar as suas chaves privadas. Já em relação a diversificação de portfólio, cerca da metade possui entre 1 e 5 moedas, 25% entre 6 e 10 e 10% mais de 20 moedas.

O grupo entrevistado é relativamente pequeno, principalmente para ser usado como controle para um mercado tão grande como o dos ativos digitais. Mesmo assim, os dados demonstram uma realidade preocupante em que os holders não estão circulando as moedas no mercado (algo que é essencial para o ecossistema da criptoindústria.)

Um dos motivos para os usuários de criptomoedas não usarem os ativos para pagamentos é que muitos ainda estão nervosos em realizar transações. De acordo com a pesquisa, apenas cerca de 25% das pessoas que enviaram moedas para alguém em 2018 se sentiram “confortáveis” com a transação.

A maioria dos usuários, por volta de 58% se sentiram “cuidadosamente otimistas” e os outros 17% sentiram algum nível de ansiedade e nervosismo. Essa é uma sensação que parece passar com o tempo, já que 40% dos usuários que estão no criptomercado a mais de três anos se sentem confortáveis enquanto apenas 21% dos usuários que compraram suas primeiras criptos a menos de um ano se sentem da mesma forma.

Perguntados sobre as dificuldades que eles encontram durante as transações, os problemas mais comuns citados foram as confusas e altas taxas, demora para confirmação de transação, problemas com carteiras e formatos de endereços.

Veja também: Samsung10 virá com “carteira” para criptomoedas ou não?

Escreva um comentário

1 Comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.