Pesquisa revela que 11% dos americanos têm Bitcoin

0 Comentários

De acordo com os resultados de uma pesquisa realizada pela Blockchain Capital, 11% dos residentes dos EUA têm Bitcoins.

A primeira criptomoeda é mais popular entre os jovens. Segundo o levantamento 20% dos millennials com idade entre 18 e 34 anos possuem BTC. Entre os que têm 35 e 44 anos, são um pouco menos de 15%.

O número de americanos que já ouviu falar de Bitcoin aumentou de 77% em outubro de 2017 para 89% em abril de 2019. Vale ressaltar que o indicador de conscientização está crescendo quase igualmente entre todos os grupos etários. O número de pessoas convencidas de que o Bitcoin é uma tecnologia financeira inovadora também está crescendo gradualmente. Desde outubro de 2017, o número dessas pessoas subiu 9%.

Vale a pena destacar que a geração mais jovem é mais entusiasta da primeira criptomoeda do que os representantes dos grupos etários mais velhos. Desde outubro de 2017, o número de pessoas que estão convencidas de que usarão o Bitcoin nos próximos 10 anos aumentou em 5%. Sendo os mais jovens os mais otimistas em relação ao Bitcoin, também está entre os millennials, a maioria dos que provavelmente adquirirão o Bitcoin nos próximos 5 anos.

Sendo assim, Spencer Bogart, um representante da Blockchain Capital, define os jovens, como os que mais entendem dos benefícios das criptomoedas e por isso estão mais inclinados a comprá-los e também estão mais otimistas quanto às perspectivas do futuro do ouro digital a longo prazo.

Leia mais: 3 criptomoedas para ficar de olho em maio de 2019

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.