“PascalCoin”: a Altcoin que está atraindo muita atenção e enriquecendo muita gente

PascalCoin (PASC) não é uma tão nova assim, ela já está disponível há algum tempo, mas a recente adição da moeda na   e o seu alto volume de negociação, estão fazendo brilhar os olhos das “baleias” e atraindo muito interesse para a moeda.

A é interessante por conta de seu projeto, já que não é necessário baixar o bloco completo da rede, e ainda é capaz de controlar o “double spendig” e ou verificar o equilíbrio. A PASC é original, não foi diretamente bifurcada de uma outra Altcoin com suas vantagens e desvantagens, também não é muito fácil de entender como usá-la, tanto para novos usuários ou mesmo para aqueles que já têm alguma experiência com outras , e essa provavelmente também é uma das razões pelo qual não havia muito interesse na moeda antes da recente listagem na Poloniex, mas agora muitos usuários, traders e mineradores, estão correndo para descobrir mais sobre ela e começar a mineração da moeda.

Leia também  Japão planeja não cobrar mais imposto de transações com Bitcoin e critpmoedas

Como minerar PascalCoin

Atualmente a PascalCoin (PASC) só suporta mineração solo, então você precisa ter uma de execução local e, em seguida, executar o minerador GPU para conectá-la a  (o mais recente minerador é baseado em OpenCL), mineração com CPU será inútil devido ao baixo hashrate. Com mineração solo as coisas dependem mais da sorte que você tem do que na quantidade de blocos que você pode minerar, mas com o atual hashrate você terá que esperar algo como um dia ou mesmo dois com umas 6x GPU’s usando placas de vídeo RX 470/480 e a recompensa de bloco será de umas 100 moedas. Esperemos que uma pool de mineração PascalCoin (PASC) em breve esteja disponível, aumentando ainda a mineração, ajudando especialmente as pessoas que não tem muito poder de mineração disponíveis em GPU.

Leia também  O excepcional mercado de $15 bilhões do Bitcoin está apenas começando

A mineração solo se dá com a PascalCoinMiner v0.2 e você precisa ter uma carteira rodando, em seguida, executar o minerador apontando para o endereço IP da carteira, executado por padrão na porta 4009 (usando o parâmetro de linha de comando -s). Se você estiver mineradno apenas em um único computador executando a carteira você pode usar o localhost, se você quiser explorar usando múltiplas plataformas em um único sistema executando a carteira, você precisará usar o endereço IP da rede local do sistema. Com o parâmetro de linha de comando -p você define a plataforma de dispositivo GPU que irá usar (normalmente deve ser 0 para a maioria dos casos) e com -d você especifica as placas de vídeo que você deseja usar. O último parâmetro -n define o nome do minerador que você deseja usar, abaixo é um exemplo:

PascalCoinMiner.exe -s localhost: 4009 -p 0 -d 0,1,2,3,4,5 -n MYNAMEtestMiner

Carteira (Wallet): Você pode baixar a ultima versão oficial da carteira Pascalcoin do windows aqui

Leia também  Mastercard e Bancos já acumulam 356 pedidos de patentes de Blockchain e moedas digitais

Minerador: Você pode baixar a ultima versão oficial da Pascalcoin miner v0.2 do windows aqui

Fonte: cryptomining-blog.com
P.S.: Tutorial de configuração para PascalCoinMiner v0.2, retirado da internet.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *