Parlamento Europeu reconhece a “dominância” da Blockchain do Bitcoin

O Europeu publicou uma “análise aprofundada” na terça-feira sobre a tecnologia blockchain, com foco em “como o domínio da Bitcoin no setor de cadeias de blocos poderia afetar o desenvolvimento mais amplo da tecnologia e outras de ledgers distribuídos”. O relatório de 28 páginas intitulado “Como a tecnologia Blockchain poderia mudar as nossas vidas” foi elaborado pelo Serviço de Investigação do Parlamento Europeu (EPRS).

Blockchains: Bitcoin vs Governo

O objetivo do relatório é prestar assistência aos deputados e ao pessoal do Parlamento “no seu relatório que reconhece ” à Blockchain do Bitcoin. No entanto, as opiniões expressas nele são apenas dos autores. Dois dos três autores, Philip Boucher e Mihalis Kritikos, são da Unidade de Prospectiva Científica do Parlamento Europeu. A terceira, Susana Nascimento, é da Unidade de Previsão, Comportamento e Design para Política da Comissão Europeia.

O documento cobre tanto o uso do setor público, quanto o uso privado da tecnologia blockchain e destaca as diferenças entre os dois. Ele explica que:

“O Bitcoin e outras poderiam liderar um processo de descentralização, pelo qual as instituições que tradicionalmente governam as finanças – incluindo os governos e os bancos – tornam-se menos poderosas”.

No entanto, os autores também observaram que “esses mesmos governos e bancos estão dirigindo atualmente a pesquisa e o desenvolvimento de Blockchain em direções que se adequam aos seus próprios propósitos. Estas Blockchains podem revelar-se menos descentralizadas e transparentes do que outras”. Citando casos de uso além do sistema financeiro, o relatório sugere que:

“O Bitcoin como um tudo fornece uma ampla base de usuários, espaços férteis para a experimentação e ‘combustível’ para impulsionar novas idéias para a frente. Mesmo se a Bitcoin não revolucionar o sistema financeiro, poderia muito bem abrir o caminho para outras implementações que poderiam oferecer sérios benefícios para cadeias de suprimentos e serviços governamentais, por exemplo.”

Possível uso da Blockchain para sistemas de Patentes

O relatório passou a discutir a prova de existência, citando que esses serviços de baixo custo podem tornar os sistemas de patentes atuais mais eficientes.

Leia também  Argentina lidera ranking de países com maior potencial em aceitar Bitcoins

No entanto, os autores alertam: “Deve ficar claro que a prova de existência através de uma Blockchain (ou, de fato, qualquer outro meio) não pode ser interpretada como equivalente à proteção por patente”.

Eles também explicam que “para que uma prova de existência fornecida por terceiros, como aqueles que fazem uso da cadeia de blocos do Bitcoin existente, seja aceita como um meio legítimo para manter registros, eles teriam de ser reconhecidos como tal pelos órgãos de execução apropriados”.

Relatório assume que transações com Bitcoin são mais rápidas e baratas

Ao mesmo tempo em que afirmam que as transações na Europa geralmente são rápidas, baratas e seguras, os autores do relatório dizem que os usuários de aplicações de Blockchain vêem benefícios adicionais em sua transparência e imutabilidade. Eles observaram:

“Na verdade, uma vez que outras aplicações podem “enganar” a Blockchain do Bitcoin, os maiores impactos do Bitcoin podem ser encontrados fora do domínio da moeda. Transações de qualquer tipo são geralmente mais rápidas e mais baratas para o usuário quando concluído através de um blockchain, e eles também se beneficiam da segurança do protocolo.

O “” habilitado para a Blockchain () é um exemplo de uma aplicação blockchain no relatório. O BEV permitiria que os eleitores registrassem e verificassem informações transparentes e distribuídas entre os usuários.

Leia também  Bitcoin também é um método de pagamento legal nas Filipinas e exchanges foram regulamentadas

O relatório também descreve uma maior conscientização social sobre a utilidade da Blockchain, que, segundo ele, coincide com uma perda de confiança nos governos e no sistema bancário. Ele afirma: “Na verdade, há uma tendência crescente para menos confiança nas instituições financeiras e de governança e maiores expectativas sociais de responsabilização e responsabilidade. A popularidade da tecnologia Blockchain também pode refletir uma tendência social emergente para priorizar a transparência sobre o ”, conclui.

Via: News Bitcoin
Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *