Pânico! Preço do Bitcoin cai para perto de $7.000, enquanto mercado continua “sangrando”

0 Comentários

O preço do caiu mais de 9% nas últimas 24 horas, uma vez que diminuiu de US$ 9,100 para menos de US$ 8.000. A valorização do mercado de , que flutuou na região de US$ 400 bilhões na semana passada, agora diminuiu para US$ 336 bilhões.

Todas as criptomoedas estão caindo

A correção de hoje não é exclusiva do bitcoin. Todas as criptomoedas principais, incluindo o Ethereum, Bitcoin Cash, Ripple e Litecoin, diminuíram em valor, a uma taxa similar ao bitcoin, com raríssimas exceções como a Waves, se mantendo mais estável. A Ethereum registrou uma diária de 10%, enquanto Ripple e Bitcoin Cash diminuíram um pouco mais de 9%.

Alguns analistas atribuíram o declínio no preço das criptomoedas para a audiência das ICO’s, participada por representantes dos EUA e funcionários do governo, em que vários representantes, incluindo Carolyn Maloney, representante do 12º distrito do Congresso de Nova York, alegaram que o mercado de criptomoedas é uma “bolha”.

Leia também  Altcoins roubam a atenção do Bitcoin.

Os comentários negativos dos representantes dos EUA seguiram um relatório divulgado pela empresa de investimentos de US$ 81 bilhões, a Allianz, que afirmou que “o bitcoin não tem valor intrínseco” e, portanto, “pode cair no preço”.

“Em nossa opinião, seu valor intrínseco deve ser zero. Um bitcoin é uma reivindicação sobre ninguém – em contraste com, por exemplo, títulos soberanos, ações ou papel-moeda – e não gera fluxo de renda”, disse Stefan Hofrichter, chefe de economia e estratégia global da empresa.

Especialistas em finanças tradicionais (do século passado) só criam “FUD” e pouco ou nada entendem sobre cripto-economia

No entanto, a falta de argumentos intrínsecos, muitas vezes apresentados por especialistas no setor de finanças tradicionais, foi refutada por especialistas em criptomoedas e tecnologia em muitas ocasiões, como o Guia do Bitcoin sempre relata.

Leia também  Chineses poderão negociar bitcoins livremente em breve

Atualmente, a mídia não está retratando os desenvolvimentos inovadores que se seguem no setor de criptomoedas, especialmente a crescente adoção de criptomoedas em regiões como Japão e Coreia do Sul. Na semana passada, o Guia do Bitcoin divulgou sobre o maior conglomerado de internet da Coréia do Sul, Kakao, que opera a KakaoTalk, KakaoPay, KakaoTaxi, KakaoStory e Dunamoo (UpBit), com foco no desenvolvimento de criptomoedas.

Apesar da crescente adoção de criptomoedas e desenvolvimentos inovadores liderados pelas comunidades de desenvolvimento open-source de Bitcoin, Ethereum, Cardano e Litecoin, juntamente com outros projetos de , a falta de impulso no preço das criptomoedas principais está alimentando a queda de preços do Bitcoin.

Quando o mercado irá se recuperar?

Hoje, em 14 de março, o caiu perigosamente perto da região de US$ 7.000, e dado que ele mergulhou abaixo de US$ 8.030, é possível que o bitcoin caia para a marca de US$ 7.000 no curto prazo, o que seria um declínio acentuado e uma alta semanal em US$ 11.400.

Leia também  Co-Fundador da Coinbase está de olho na Nova Zelândia!

Embora a maioria dos analistas de criptomoedas concordem unanimemente que o bitcoin provavelmente se recuperará no meio do período, pelo menos ainda em 2018, é improvável que o preço da maioria das criptomoedas cresça no curto prazo.

É possível lucrar com a queda?

Rafael Motta, trader profissional e instrutor da Escola do Bitcoin, a única escola de trading  do Brasil especializada em criptomoedas, comentou para o Guia do Bitcoin que na verdade estas são grandes janelas de oportunidades de entrada. Ou seja, para o trader iniciante que pensa no longo prazo, é fundamental comprar por um valor sustentável de entrada.