Órgão financeiro suíço fecha esquema de criptomoeda falsa “E-Coin”

O órgão de fiscalização financeiro da Suíça reprimiu as operações da E-Coin, uma suposta fraude de criptomoeda.

A Autoridade Supervisora ​​do Mercado Financeiro Suíço (FINMA) revelou o fechamento de três empresas separadas envolvidas na emissão de “E-Coin”, alegado pela autoridade como uma criptomoeda falsa.

Em um anúncio, revelou que a Quid Pro Quo Association desenvolveu e começou a emitir E-Coins desde 2016. A empresa, trabalhando com a Digital Trading AG e Marcelo Group AG, também lançou uma plataforma de negociação on-line para as E-Coins para ser negociado e transferido. Desde 2016, as três empresas arrecadaram cerca de 4 milhões de francos suíços (cerca de US $ 4,1 milhões) de centenas de investidores suíços.

A autoridade escreveu:

“Através desta plataforma, essas três entidades legais aceitaram fundos no valor de pelo menos 4 milhões de francos suíços de centenas de usuários e operaram contas virtuais para eles tanto em moeda legal como em E-Coins”.

No que diz respeito, a FINMA apreendeu e bloqueou ativos no valor de cerca de dois milhões de francos suíços.

Leia também  Chefe do Banco Central Alemão: "Blockchain pode acelerar os mercados"

A autoridade notadamente distinguiu a E-Coin de criptomoeda descentralizada e baseada em Blockchain.

“Ao contrário das criptomoedas reais, que são armazenadas em redes distribuídas e usam a tecnologia Blockchain, as E-Coins estavam completamente sob controle dos fornecedores e armazenadas localmente em seus servidores”, revelou o regulador.

Além de sua investigação na E-Coin, a FINMA também confirmou que estava realizando onze investigações separadas sobre “outros modelos de negócios presumivelmente não autorizados relacionados a essas [falsas] moedas”.

O regulador financeiro adotou, no passado, as startups de Bitcoin na concessão de uma “aprovação condicional” antecipada a operadora de carteiras Xapo para operar no país. A FINMA é particularmente encarregada pelo Conselho Federal do país de conceder licenças FinTech para empresas industriais como parte da agenda favorita do FinTech do país.

Leia também  África do Sul vai tomar uma "abordagem equilibrada" quanto a regulamentação do Bitcoin e Criptomoedas

Com a sua repressão contra os operadores de E-Coin, a FINMA também lançou processos de aplicação da lei contra os envolvidos e liquidou os ativos das três empresas.

Fonte: Cryptocoinsnews.com
Tradução: Guia do Bitcoin


É importante se manter informado todos os dias, siga nossos canais oficiais:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]
loading...

Regulador Financeiro Europeu adverte Investidores Sobre Riscos de ICO

A Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e Mercados (com a sigla em inglês “ESMA”) emitiu hoje duas declarações separadas que descrevem os riscos que as ofertas iniciais de moeda (ICOs)…

0 Comentários

Bitcoin no negócio de Imóveis em Manhattan: aumento no preço faz corretor aceitar criptomoedas como pagamento

O mercado imobiliário de Manhattan está adotando Bitcoins para pagamentos de propriedades à medida que a moeda digital aumenta em valor. Um promotor imobiliário que espera capitalizar o recente ‘boom’…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link