Órgão financeiro suíço fecha esquema de criptomoeda falsa “E-Coin”

1 Comente

O órgão de fiscalização financeiro da Suíça reprimiu as operações da , uma suposta de criptomoeda.

A Autoridade Supervisora ​​do Mercado Financeiro Suíço () revelou o fechamento de três empresas separadas envolvidas na emissão de “E-Coin”, alegado pela autoridade como uma criptomoeda falsa.

Em um anúncio, revelou que a desenvolveu e começou a emitir E-Coins desde 2016. A empresa, trabalhando com a e , também lançou uma plataforma de negociação on-line para as E-Coins para ser negociado e transferido. Desde 2016, as três empresas arrecadaram cerca de 4 milhões de francos suíços (cerca de US $ 4,1 milhões) de centenas de investidores suíços.

A autoridade escreveu:

“Através desta plataforma, essas três entidades legais aceitaram fundos no valor de pelo menos 4 milhões de francos suíços de centenas de usuários e operaram contas virtuais para eles tanto em moeda legal como em E-Coins”.

No que diz respeito, a FINMA apreendeu e bloqueou ativos no valor de cerca de dois milhões de francos suíços.

Leia também  Coreia do Sul reduz os requisitos de capital para empresas de remessas de Bitcoin

A autoridade notadamente distinguiu a E-Coin de criptomoeda descentralizada e baseada em Blockchain.

“Ao contrário das criptomoedas reais, que são armazenadas em redes distribuídas e usam a tecnologia Blockchain, as E-Coins estavam completamente sob controle dos fornecedores e armazenadas localmente em seus servidores”, revelou o regulador.

Além de sua investigação na E-Coin, a FINMA também confirmou que estava realizando onze investigações separadas sobre “outros modelos de negócios presumivelmente não autorizados relacionados a essas [falsas] moedas”.

O regulador financeiro adotou, no passado, as startups de Bitcoin na concessão de uma “aprovação condicional” antecipada a operadora de carteiras para operar no país. A FINMA é particularmente encarregada pelo Conselho Federal do país de conceder licenças  para empresas industriais como parte da agenda favorita do FinTech do país.

Leia também  5 universidades, entre as melhores na Rússia começaram a oferecer curso de Bitcoin e Criptomoedas

Com a sua repressão contra os operadores de E-Coin, a FINMA também lançou processos de aplicação da lei contra os envolvidos e liquidou os ativos das três empresas.

Fonte: Cryptocoinsnews.com
Tradução: Guia do Bitcoin


É importante se manter informado todos os dias, siga nossos canais oficiais:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]