Organização Mundial do Comércio afirma que Ripple pode mudar o sistema financeiro mundial

0 Comentários

A , sigla para , divulgou recentemente um relatório onde afirma que tecnologia terá um impacto surpreendente no sistema financeiro do mundo. O relatório da OMC menciona especialmente a Ripple mas também destaca o Bitcoin, a Ethereum e a IOTA.

Este relatório que recebeu o título de: “O futuro do comércio mundial: como as tecnologias digitais estão transformando o comércio global”, afirma que a Blockchain tem “capacidade de transformar profundamente a atual maneira como são feitas as negociações”.

O relatório dá um grande destaque a , explicando que a solução desenvolvida por seus desenvolvedores podem mudar radicalmente como as instituições financeiras transacionam o capital. A OMC afirma no relatório que a Ripple já tem parceria com mais de 100 bancos e instituições financeiras. “Os bancos ainda estão testando o sistema”, disse o relatório.

“A Ripple tem ambições de aperfeiçoar o modelo bancário atual através de sua plataforma de contabilidade distribuída. Ele dá aos bancos a capacidade de converter suas moedas em diferentes moedas em questão de segundos e com pouco ou nenhum custo, sem depender de intermediários”, diz o relatório.

O relatório também menciona a como uma solução capaz de estar entre as lideranças da tecnologia de contabilidade distribuída que não é baseada em blockchain.

“A Blockchain é a tecnologia de contabilidade distribuída mais conhecida (), mas tem aumentado o número de outros modelos tecnológicos sendo desenvolvidos que, como a Blockchain, são distribuídos e usam várias técnicas criptográficas, mas que estão se afastando do conceito de ‘blocos’ – ou mesmo de ambos os conceitos de ‘blocos’ e ‘correntes’ ”, diz o relatório.

A IOTA foi citada como exemplo, sendo descrita como uma projetada para comunicação máquina-a-máquina. “Cada transação é vinculada a duas transações anteriores como parte do processo de validação para formar um “ (emaranhado)” em vez de uma cadeia”, explica o relatório.

Já o e a foram citadas como pioneiras nessa nova tecnologia. O relatório fez questão de destacar a resistência dessas plataformas a ataques cibernéticos. Além de falar sobre a necessidade de resolver problemas em relação a escalabilidade e ao consumo de energia elétrica.

Guia do Bitcoin

Leia também  CryptoKitties se torna o maior aplicativo descentralizado baseado em Ethereum