Opinião: ainda vale a pena operar e investir em criptomoedas?

1 Comente
O mercado continuará refém de seus impulsos pessoais por quanto tempo?

A proposta deste texto é bastante ambiciosa e arriscada. E, por incrível que pareça, não há uma única resposta possível. Assim como não existem duas pessoas com a mesma caligrafia, a variedade de perfis de investidor é tamanha que a resposta mais objetiva deste questionamento deverá ser estudada através de uma reflexão bastante profunda, sobretudo no que se refere ao que é mais importante para você.

A partir do quarto trimestre de 2017, diversas exchanges no Brasil e ao redor do mundo ficaram fora do ar ou enfrentaram forte intermitência devido ao grande fluxo de usuários ascendentes. Em união a essa sucessão de incidentes, diversas tecnologias de importância pífia ao mercado descentralizado, como a Ripple e o Bitcoin Cash, brigaram com unhas e dentes por uma fatia do acalorado mercado.

A total falta de conhecimento sobre como funciona e mesmo como operam os vários ativos na rede foi o principal responsável pela ruína de muitos investidores. O fenômeno Ripple, cuja valorização ultrapassou os 27.000% em aproximadamente um ano, foi oriundo de uma mera busca pelo ouro de maneira completamente irresponsável. Conforme gráfico abaixo apurado pelo Google Trends, podemos verificar com muita clareza que o investidor leigo tem predileção por adquirir tokens somente devido à sua valorização no curto prazo, não por conta de sua possibilidade de crescimento consistente:

O gráfico vermelho representa as buscas sobre como comprar Ripple, enquanto o gráfico azul se refere às buscas sobre como a Ripple funciona.

Conforme o mecanismo de tendências de busca da Google, a busca por ativos digitais se fomenta exponencialmente nos momentos mais perigosos, nunca nos mais conservadores.

Será que os marinheiros de primeira viagem, prejudicados por entradas equivocadas, sequer tinham noção de onde estavam pisando? A ingenuidade foi tamanha que sequer foi possível mensurar, ainda que esdruxulamente, as graves chances de erro?

É possível afirmar, nos últimos meses, que investir em criptomoedas no curto prazo não é mais uma quase que certeza de retorno do valor investido. A bem da verdade, isso jamais foi um fato. Operar em mercado de renda variável nunca foi e jamais será garantia de retorno fácil e imediato. O desconhecimento de sabedorias básicas de mercado como esta levou muitos investidores a amargar pesadas perdas desnecessárias.

Aos mais conservadores, no entanto, pode ser uma excelente ideia começar a ficar de olho nos preços: o aumento de mais de 30% no volume negociado do Bitcoin, em união à lateralização pesada nos preços, pode servir de alerta para uma forte alta em breve. Todavia, ainda não temos sinais claros de que isso irá de fato acontecer, visto não haver sinais de divergência do movimento de baixa; tais receios são naturais aos profissionais de mercado, porém despercebidos pelo investidor imaturo.

Nova pesquisa ao Google Trends mostra  o quão vinculado está o mercado leigo aos movimentos altistas das principais criptomoedas:

Devido ao crescimento midiático sobre o Bitcoin, o número de buscas sobre a criptomoeda foram altíssimas, enquanto as buscas pela Ripple, terceiro maior ativo do mercado, se resumiram a onde comprá-lo. Ao contrário do Bitcoin, ele serviu como fantoche financeiro dos mais incautos.

Sendo assim, angariamos dados de um mercado movido em grande parte pelo impulso.

Assim que os preços voltarem a subir com força, os indicadores do Google Trends certamente voltarão a assumir uma postura menos lateral.

Investidores maduros e responsáveis aprendem que qualquer ativo deve ser muito mais visado durante momentos de desvalorização que de franca alavancagem. Coitados dos que realmente acreditavam que as criptomoedas viveriam “caindo para cima” ad aeternum.

Se você tem interesse em investir no mercado mais volátil do mundo, porém tem preguiça ou desinteresse para se especializar no assunto, um conselho: assuma a responsabilidade de que as coisas podem ir ao sul a qualquer momento e você não saberá como reagir nestes casos. Não insiram fundos que não possam perder. Caso contrário, você será mais um nas estatísticas dos apressados que se decepcionaram com as criptomoedas e, até hoje, batem na tecla de que se envolveram em uma bolha financeira.

 

 

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.