Oficial francês é acusado de vender segredos de Estado em troca de Bitcoin

0 Comentários

Não sabe quais informações foram vendidas e nem quanto ele conseguiu obter vendendo as informações confidenciais, mas a organização criminosa com a qual este funcionário do governo trabalhou já foi desmantelada.

Segundo o jornal Le Parisien o homem foi preso por vender segredos de Estado na , a polícia diz que ele aceitou Bitcoins como meio de pagamento. O francês trabalhou para a Direção Geral de Segurança Interna da França (DGSI), ele também falsificou documentos administrativos.

As investigações revelaram que ele atuou em conjunto com membros do crime organizado e também com especialistas em economia. 

Uma equipe de investigação da Direção Central do país de Polícia Judicial (DCPJ) descobriu os vazamentos das informações confidenciais, os investigadores conseguiram identificar o e passaram a monitorar suas atividades online.

Já o jornal Le Monde informou que após a prisão, os policiais responsáveis pela investigação conseguiram desmantelar a rede criminosa com a qual o suspeito esteve trabalhando.

Leia também  Criador do Bitcoin entra para a lista dos mais ricos da Forbes