O preço de Bitcoin resiste à incerteza econômica, atinge US$ 2.600 enquanto os mercados despecam

O preço da Bitcoin demonstrou resiliência diante da incerteza econômica na semana passada, quando os mercados nos caíram e lutaram para se recuperar.

Em maio, várias fontes revelaram que os EUA gerou somente 138.000 empregos, resultado significativamente menor do que o número esperado. Em média, a taxa de desemprego caiu para 4,3%.

Diane Swonk, uma economista de Chicago, disse em uma entrevista:

“Mesmo com o resultado não sendo o esperado, o relatório geral ainda deixa o Fed no alvo para junho, mas ressalta sua agitação sobre a mudança em dezembro. Eles têm boas razões para serem cautelosos”.

Quase imediatamente após a divulgação do relatório de empregos de maio, os mercados dos EUA, incluindo os Futuros S & P 500 e o índice USD, caíram de cerca de 3,6 por cento para 0,8%.

Leia também  Edward Snowden: "Zcash é a alternativa mais interessante ao Bitcoin"

 

O preço do Bitcoin manteve a  de

Apesar da significativa queda do norte-americano, o preço do Bitcoin manteve sua tendência de alta, recuperando-se completamente da maior correção de preços da semana passada. No final de maio, o preço do Bitcoin caiu de US$ 2.600 para US$ 1.900. Desde então, o preço do Bitcoin se recuperou, saltando de volta para US$ 2.600.

https://twitter.com/iamjosephyoung/status/871772625747537920

Hoje, o preço do Bitcoin atingiu US$ 2.626, registrando uma nova alta semanal e aproximando-se do grande de US$ 2.712 com base no índice de preços médio global Bitcoin.

Pontos importantes e fatores de condução do preço do Bitcoin, como a recuperação do mercado chinês de Bitcoin. Há um mês atrás, o volume de negociação diário e a participação de mercado do mercado de bitcoin chinês eram menores do que o mercado cambial sul-coreano.

Leia também  Nasa planeja usar blockchain Ethereum para pesquisas espaciais

Hoje, a China representa 18,6% do mercado global de câmbio Bitcoin, processando diariamente cerca de US$ 100 milhões de negócios Bitcoin.

Mercado de Bitcoin nas últimas 24 horas

O mercado japonês de Bitcoin também fez um retorno depois de perder para o mercado de câmbio sul-coreano Bitcoin no início da semana passada. O maior mercado de forex do Japão e o grande conglomerado de vários bilhões de dólares abriram uma exchange Bitcoin, o que aumentou ainda mais a demanda dos investidores locais em direção ao Bitcoin.

Fonte: cointelegraph.com

Tradução/Adaptação: Guia do Bitcoin

loading...

De olho em seus Bitcoins: Donald Trump e o Federal Reserve estão de olho na criptomoeda

O governo dos EUA está muito consciente das criptomoedas e do aumento do bitcoin. Esta semana, as autoridades americanas de várias agências, como o IRS, o Federal Reserve e o…

0 Comentários

Lideres mundiais falam sobre Bitcoin em Davos

O tema das criptomoedas e da tecnologia blockchain foi inevitavelmente um tópico ativo nas  discussões no Fórum Econômico Mundial anual que aconteceu em Davos. Algumas das questões-chave que os líderes mundiais envolvidos nessas…

0 Comentários