“O Bitcoin deve ser banido”, diz economista vencedor do Prêmio Nobel

Joseph Stiglitz, economista vencedor do Prêmio Nobel, afirmou que o Bitcoin deveria ser proibido, no momento em que a moeda digital está experimentando recordes.

Em uma entrevista à Bloomberg Television, economista e professor da Universidade da Columbia, de 74 anos, disse:

“Parece-me que deveria ser proscrito. Não serve para qualquer função socialmente útil”.

Seus comentários chegam num momento em que o Bitcoin continua a superar as expectativas de todos os lados. Apenas ontem, a moeda digital ultrapassou a marca histórica de US$ 10.000 e hoje foi ainda mais além alcançando a marca dos US $ 11.000 pela primeira vez, elevando seu total de mercado para US$ 185 bilhões.

No entanto, apesar dessas conquistas recordes, Stiglitz é de opinião que a única razão pela qual a moeda digital está indo tão bem é o fato de ter o “potencial de evasão e falta de fiscalização”.

Leia também  FBI quer financiamento para investigar o uso de moedas virtuais

Ele acrescentou que:

“É uma bolha que vai dar a muita gente muitos momentos emocionantes e depois cair”.

Stiglitz, no passado, expressou suas opiniões sobre a moeda digital, afirmando em 2016 que o governo dos EUA tinha “fechado” o Bitcoin. Na época, ele disse:

“O principal uso da Bitcoin tem sido contornar as autoridades fiscais e a regulamentação. Eu acho que o governo dos EUA fez o certo de fechar ou tentar fechá-lo e eu acho efetivamente”.

Curiosamente, desde então, sua perspectiva para o mercado de criptomoedas mudou um pouco, mesmo que ligeiramente. Em janeiro, ao falar na reunião anual do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, ele disse que os EUA deveriam eliminar a moeda fiat e se mover para o uso das moedas digitais.

O tema da discussão na época centrou-se na questão da corrupção e evasão fiscal. Segundo Stiglitz, a eliminação progressiva do dinheiro e a introdução da moeda digital têm “benefícios que superam o custo”, a longo prazo.

Leia também  Enterprise Ethereum Alliance adiciona mais 86 membros ao Consórcio de Blockchain, incluindo a Samsung e a Toyota

O professor de Harvard e o economista Kenneth Rogoff também disseram que o dinheiro forneceu a avenida ideal para a evasão fiscal, e que o tempo agora era reduzir o dinheiro fiat.

Sem dúvida, os comentários mais recentes de Stiglitz causaram surpresa, e é improvável que vá cair bem por entusiastas de Bitcoin; No entanto, dada a trajetória ascendente de que a criptomoeda está atualmente em vigor, não é provável que ele tenha muito impacto sobre sua presença de mercado.

Fonte: Cryptocoinsnews.com
Tradução: Guia do Bitcoin


Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin

Posts relacionados

Leia também  Bitcoin não é veneno para ratos: Por que perdemos tempo com opiniões de terceiros?
loading...

Previous:

McDonald's pode aceitar Bitcoin em 2018, segundo aposta
Postado em novembro 30, 2017

Next:

John McAfee: "Bitcoin custará US$1.000.000 até 2020!"
Postado em novembro 30, 2017

Nexon: Empresa sul-coreana pode adquirir a Bitstamp por US$ 350 milhões

Especializada em videogames on-line, a empresa sul-coreana Nexon está negociando a compra da exchange bitcoin mais antiga, a Bitstamp, fundada em 2011. O acordo pode chegar a US $ 350…

0 Comentários

Internet da Coisas: O primeiro caso de uso do Bitcoin na IoT usando a Lightning Network foi um sucesso

A terceira maior empresa de serviços eletrônicos do Japão acaba de testar a Lightning Network no Bitcoin para uma aplicação inovadora. O teste foi um sucesso! A empresa de serviços públicos, Chubu…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link