Novo Hedge Fund de criptomoedas de $100 milhões usará a Ripple (XRP)

De acordo com a Arrington, o fundo de hedge de criptomoedas de US$ 100 milhões que já possui compromissos de investidores de mais de $50 milhões, e eles planejam começar a negociar nas próximas semanas.

Além do fundador, dois parceiros adicionais no empreendimento são ex-CEO da TechCrunch Heather Harde e o veterano executivo de tecnologia Geoffrey Arone.

Esta mudança é outra forte indicação de que as criptomoedas estão se tornando recentemente um pilar no Vale do Silício, bem como entre os capitalistas de risco estabelecidos.

Porque o fundo escolheu a Ripple (XRP)?

Além de ser denominado em XRP, o novo fundo aceitará fundos de investimento e efetuará resgates na criptomoeda e também pagará taxas e salários com XRP. Isto apesar do fato de não ter uma relação comercial com a Ripple e não são investidores no fundo, disse Arrington.

Leia também  MMM Brazil - um famoso "esquema de pirâmide" FUJA deles

Em seu anúncio, o fundador do CrunchFund explica apenas a escolha da criptomoedas por suas vantagens em relação aos “antigos métodos fiduciários” para as transferências cambiais transfronteiriças, afirmando que os meios tradicionais são muito lentos e carregados com taxas.

Perguntado especificamente sobre a escolha das criptomoedas na conferência de consenso, ele elaborou que: “Pensamos que a XRP é uma moeda particularmente útil devido aos tempos de transação”. Arrington também acrescentou:

“Eu acho que os investidores talvez estejam mais pesados ​​em Bitcoin e Ether do que deveriam estar.”

Na linha inferior, o fundador da TechCrunch parece muito otimista no ecossistema de criptomoedas, prevendo que o limite global do mercado aumentará de cerca de US$ 300 bilhões para trilhões de dólares e sinalizando que ele pretende gastar o resto de sua carreira neste campo.

Leia também  Bancos vs Bitcoin: Gigante banco canadense está bloqueando transações de criptomoedas de clientes

Via: news.bitcoin.com

loading...

Fundação Getúlio Vargas terá o primeiro mestrado do Brasil sobre criptomoedas

Uma das maiores instituições de ensino do Brasil, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) lançará, no próximo semestre, um mestrado profissional de economia focado em moedas digitais. Considerado o primeiro curso…

0 Comentários

Comissão Financeira emitirá certificação para ICOs

A Comissão Financeira dos EUA estabeleceu um painel de supostos especialistas fintech para emitir certificação e avaliar os méritos das futuras ofertas de moedas iniciais (ICOs). O órgão independente foi…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link