Nova fraude sendo conhecida como Velox10

Após paralisação das atividades da D9 Clube por inadimplência em pagamentos e receber diversas denuncias na Comissão Nacional de Valores do Paraguai (CNV) e (MPF) Ministério Publico Federal sob acusações de operar um esquema de pirâmide financeira, seus mentores rapidamente criaram o novo esquema chamado Velox10, com intuito de dar continuidade em um novo esquema também acusado de pirâmide financeira.

Elaborado por Romero Araújo e Ricardo Rocha, Velox 10 esta sediada em São Paulo e esta sobre investigações por usarem o dinheiro das vitimas da D9 Clube para o novo golpe, a (CVM) Comissão de Valores Mobiliários do Brasil em nota, informa para que a população registre um boletim de ocorrência e solicite a devolução imediata do dinheiro investido.

A CVM alerta para que a população que investiu dinheiro se dirija a uma delegacia de policia civil para registrar o boletim de ocorrência, e em posse do mesmo solicite o ressarcimento juntamente a Velox 10.

Leia também  Deputado ucraniano declarou que tem US$134 milhões em Bitcoin

Em um vídeo recentemente postado nas redes sociais o Sr. Romero Araújo alega que a empresa é devidamente legalizada através de um grupo supostamente de Singapura, com nome de X7 Capital Singapura, nossa equipe resolveu investigar através do endereço informado por e-mail pela própria Velox 10, e foi identificado que não passa de um mais um golpe que toda a documentação informada nunca pertenceu a X7 Capital Singapura e Velox 10, no endereço informado na recepção do prédio não consta registro de nenhuma das empresas mencionadas, no local exato do escritório conversamos com uma secretaria que trabalha em uma imobiliária
que nos informou que conhece todos no edifício pois esta lá a mais de 6 anos e desconhece as empresas informadas, procuramos então a direção do edifício que nos permitiu tirar algumas fotos do escritório informado com intuito de alertar a população brasileira.

Leia também  Hard Fork: Desenvolvedores anunciam o nascimento do Segwit2X

Um outro fator que investigamos e entramos em contato com a operadora de cartões Mastercard, para saber do real vinculo com Velox 10.

“A acessoria jurídica da MasterCard informou que não possui nenhum vinculo e desconhece a Velox 10, que medidas estão sendo providenciadas para investigar através de qual empresa estão usando como fachada para emissão de cartões com nome da MasterCard e que em breve estará lançando uma nota em seu portal oficial”.

A Velox 10 promete lucros fixos de investimento vendendo pacotes de U$ 100 a U$ 5000 dólares e segundo investigações já conta com mais de 12 mil investidores, a estratégia recentemente identificada por nossa equipe que chamou atenção além da ostentação do Sr. Romero Araújo onde em uma gravação ele informa que aceita como forma de pagamento carros e imóveis, prometendo retorno a seus clientes.

Posts relacionados

Leia também  Banco Central Russo se opõe a regulamentação do Bitcoin como moeda financeira tradicional

Capitalização de mercado das criptomoedas bate novo recorde, US$600 bilhões

A capitalização de mercado de todas as criptomoedas ultrapassou os US $ 600 bilhões pela primeira vez hoje. Os dados do CoinMarketCap.com mostram que a capitalização atingiu US $ 603,3 bilhões uma…

0 Comentários

A Era das moedas digitais: é o fim do dinheiro?

O Reitor da Universidade de Wharton, Geoffreey Garrett, vê uma grande diferença no modo como Wall Street e o Vale do Silício entendem as moedas digitais baseadas na tecnologia do…

0 Comentários