Netflix disponibiliza documentário sobre o Bitcoin

4s Comentários

O documentário “ on ”, lançado nos cinemas independentes em todo os EUA em 5 de janeiro e disponibilizado na Netflix recentemente, aborda as histórias verdadeiras de vida e os equívocos públicos em torno da ascensão da criptomoeda.

Banking on Bitcoin parece um pouco como o de 2015 sobre a crise financeira: The Big Short. No entanto diferentemente do filme The big short, Banking on bitcoin não conta com atores para contar a história de Bitcoin, o filme foi gravado pelos protagonistas da história do Bitcoin e decorre de entrevistas com colunistas financeiros do Wall Street Journal e do New York Times, empresários de bitcoin como Charlie Shrem e Eric Voorhees, e figuras conhecidas como os irmãos Winklevoss e o ex-superintendente de Nova York, Benjamin Lawsky.

Para a primeira metade do filme, o público é levado por um passeio ilustrado pela história do Bitcoin. É interessante aprender quão pequeno é o grupo de autodenominados “cypher punks” que contribuíram para as idéias que se tornaram os blocos de construção do Bitcoin. Em meados dos anos 90, apenas umas poucas pessoas tinha o conhecimento necessário para desenvolver uma moeda com um sistema como a Blockchain, o filme também explora as teorias de que Satoshi Nakamoto, o criador desconhecido do Bitcoin, pode ter sido um desses “punks”.

Leia também  Oliver Harris, 29 anos, é o novo gerente estratégico de criptomoedas do JP Morgan

A narrativa posiciona o Bitcoin como a única “moeda honesta” em circulação. O filme contrasta as diferenças entre os sistemas bancários centralizados e o razão pública no coração do Bitcoin, que remove a necessidade de uma autoridade central. Ele destaca o poder da Bitcoin para reduzir as taxas de remessa, servir os dois bilhões e meio de pessoas no planeta que permanecem sem acesso a contas bancárias e reajustar o controle financeiro nas mãos do indivíduo.

Erik Voorhees, o fundador da Shapeshift, comunica esse sentimento em uma das primeiras entrevistas:

“Eu descobri o poder do Bitcoin quando entendi que não era controlado por uma empresa ou pessoa. Eu sabia que isso significava que não poderia ser desligado. E se não consegue ser “parado”, tudo o que precisamos é fazer algo útil com essa tecnologia, e ele se tornará cada vez mais usado”.

Depois de configurar a cena, o filme muda de marcha e começa a explorar o aumento, tropeço e o segundo vento da indústria Bitcoin. A história mergulha na Silk Road e no escândalo Mt.Gox, bem como a sentença de prisão de Charlie Shrem por seus erros com o BitInstant. Em seguida, o enredo conduz sem problemas para os irmãos Winklevoss e a New York Bitcoin Startup, contra Ben Lawsky.

Leia também  Taxas de transações de Bitcoin diminuem significativamente: $0.25 de taxa com confirmação em 6 minutos

A conclusão do filme expõe a aparente hipocrisia dos reguladores financeiros e pinta uma imagem que apoia a inovação e a bravura que é necessária para impulsionar a mudança. Ele termina com a pergunta não respondida sobre se o setor bancário acabará por enganar as boas intenções de Satoshi Nakamoto e os outros “cypher punks“.

‘Banking on Bitcoin’ é um filme ideal para compartilhar com aquelas pessoas que querem conhecer o Bitcoin. Eles estarão expostos à legitimidade da moeda e da oposição em jogo. Se você já acha que conhece bem a historia do bitcoin, mesmo assim ainda vale a pena o esforço para assistir este filme. É bem esclarecedor e nos faz pensar sobre o preço que os primeiros entusiastas, tiveram que pagar para que o Bitcoin chegasse onde estamos vendo hoje. Uma crítica é que os cineastas poderiam ter falado mais sobre o Bitcoin Core e consultado com eles sobre como apresentar Bitcoin aos povos de todas as nações.

Leia também  Benção ou maldição, o que acontecerá com o Bitcoin?

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Receba notícias diárias sobre o Bitcoin:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Linkedin: https://www.linkedin.com/guiadobitcoin