Navegador Opera agora permite a compra de criptomoedas

7s Comentários

A Opera, empresa responsável pela criação do navegador Opera, deu um passo mais próximo do futuro descentralizado e para a aceitação das criptomoedas. O navegador agora permite a compra fácil e rápida de criptos através da carteira nativa do navegador. Por enquanto, apenas os usuários da Noruega, Dinamarca e Suécia possuem acesso ao serviço. Eles podem baixar e atualizar o navegador beta do Opera para dispositivos Android.  A primeira moeda a funcionar com o recurso é o Ethereum (ETH).

De acordo com o chefe da divisão de produtos da Opera, Charles Hamel essa é uma aposta para tornar a vida dos usuários de cripto mais fácil na hora de comprar e usar as moedas. Isso vai encorajar a aceitação e adoção.

“Nós acreditamos que a próxima fase importante para as criptomoedas virá do uso. Para o mercado alcançar uma adoção maior, é preciso ser fácil de comprar e fácil de usar. Nós acreditamos que o navegador vai ser o ponto de entrada para esses casos de uso. Graças a nossa parceria com a Safello, nós estamos dando um passo importante para alcançar essa visão”, disse Charles.

A atualização foi alcançada através da ajuda da Safello, uma das maiores exchanges de Bitcoin da Europa. A companhia está trabalhando duro para garantir uma adoção do público geral do Bitcoin e o seu uso para transações do dia-a-dia.

A Opera se orgulha de ter o primeiro navegador a ter uma carteira nativa do Ethereum. A carteira eventualmente se tornou uma maneira popular de compartilhar CriptoKitties e outras moedas ERC-20.

A transação leva apenas alguns segundos para ser completada e isso é importante para preparar o criptomercado para uma aceitação do público mainstream, já que os usuários não precisam passar por processos lentos e complicados. Dessa maneira, até mesmo pessoas que não tem nenhum conhecimento sobre o funcionamento das criptomoedas pode facilmente conseguir os ativos e sem a necessidade de um intermediário.

Veja também: Binance Coin ultrapassa BSV e ADA e entra no top 10

Escreva um comentário

7 Comentários

Muito boa a função, pena que os chineses vao colher frutos dos dados de compra.

Não entendi, Gil, porque o sr diz que os chineses vão colher frutos de dados de compra, se o Vitalik, criador do tal Ethercoin é russo, e o Opera, é um confiável, antigo e tradicional navegador europeu, que vem desde o primórdio da internet. Mas, tudo bem, os chineses são espertos, muito inteligentes, se for comestível, esses frutos serão colhidos em quaisquer circunstâncias .

“Nós acreditamos que a próxima fase importante para as criptomoedas virá do uso.” – Até que enfim, né, alguém, falou em usar a tal criptomoeda. Porque, eu, desenvolvedor, tentei, e fiquei confuso, perdido, e ainda que conseguisse implementar, duvido que a população, pelo menos no Brasil, é capaz de fazer um pagamento, ou doação de seu próprio criptodinheiro. Mesmo entre quem investiu, investe, tem dinheiro ou DIZ investir, seja em bitcoin, ou (bit-isso ou coin-aquilo). Achava que o Facebook Coins ia prosperar, gastei um tempão implementando, e até consegui, mas não deixaram ir adiante. Hoje até andaram avançando um pouco, mas eu não consigo gastar mais tempo com a plataforma. Dai, pra comprar um bitcoin, eu tenho que fazer uns 150 cadastros, entender mais de 200 carteiras diferentes, lembrar mil e setecentas e vinte senhas, aprender o conceito de mais de 10 sistemas de autenticação novos.. etc… O Bitcoin,ou o Ethercoin precisa de ser tão implementável como um Mercado Pago. Alí o vendedor pode implementar pagamento de tudo que é jeito possível e imaginável, e o comprador simplesmente sempre consegue pagar com sucesso. Agora, se for pro dono da sorveteria dar um curso pro cliente de criptopagamentos, estamos fodidos. Até que essa “próxima fase” chegue, bitcoin para maioria só serve para os novos “investidores” estarem, se colocarem, ou pelo menos sentirem a impressão de que estão “na moda”. Eu acredito em Opera. Estou até pensando em instalar, mas isso não quer dizer que de alguma forma, eu tenha planos ou aceite a hipótese de deixar de usar o Chrome, entendeu.. Porque também eu não quero um navegador que tenha uma atualização pra entrar uma carteira de coins “nativa” de uma moeda virtual Russa, ainda em parceria com uma tal exchange européia, que nunca vi falar…. tá louco… Desisti de instalar… kkkkkkkkkk

Sr. David. O Opera Soltwere, dia adquirida por um conglomerado chinês em 2016, por US 600,00 milhões. Esse conglomerado tem a empresa Qihoo, que foi banida de teste de antivíruscriadora do AV 360, nos sites AV-Test e AV- Comparative. Ela burlava os testes com os AVS de terceiros, como Avira e Bit Defender e, para os usuários, usada outro Av chinês, que n protegia nada, colhia dados. Por isso, com certeza o Opera Browser, esta fazendo isso. Se o Sr. Verificar o tutorial de privacidade do Opera que foi modificado em 2018, eles agora colhe seu e-mail e senhas, no intuito de melhorar o navegador. Vc acredita. O Baidu vc também confia?.

OLOUCO!!!!!!!!!! Que isso…. kkkkkkkk!!! Obrigado sr gil, valeu mesmo, eu não tenho conseguido acompanhar as notícias, a navegação ficou sinistra de um tempo pra cá, não e´verdade? O mar tá brabo ……….

Baidu, eu acho que eu nem sei o que é. Confiança é relativo, eu confiava na Mirabilis, na época do ICQ, meu UIN era 3642066. Perdi o acesso, e nunca mais consegui recuperar a porcaria do meu número .. Já há algum tempo uma rede social com logomarca azul, e fonte branca, simplesmente deu minha senha pra um bando de pivetes … é foda sr gil …………..

É David Augusto, infelizmente a situação é essa. Mas se Sr. observar quando ligamos o cabo de rede no Desktop ou acessamos o Android, vc já está sendo vigiado. O Maxthon chinês, navegador, também foi acusado de colher dados e usa a engine da Microsoft, o IE 11, que já foi descontinuado. Eu uso o Vivaldi, FF, junto com o Edge.

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.