Nano S: testamos a nova carteira física da Ledger

Em tempos de roubos nas Exchanges (ou fraude), testamos o novo modelo de carteira física (hardware wallet) da Ledger, o Nano S.

Lançada no final de julho, o novo modelo possibilita ao usuário, através da porta USB de qualquer computador, administrar sua carteira de Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) ou Ethereum Classic (ETC).

A Nano S foi arquitetada para rodar na plataforma BOLOS, um sistema operacional que permite a execução segura de múltiplas aplicações Open Source em isolamento completo.

Porém, antes de apresentarmos o dispositivo, vamos aos detalhes de como comprá-lo.

 

Opção 1: direto com o fabricante:

Ao acessar o site da Ledger, você verá – em destaque – a Nano S. O preço do produto é de 58 euros. No total, com o frete, o produto saiu por 81,35 euros. Optamos por comprar o produto no cartão de crédito, assim, o custo foi de R$ 328,88 (R$ 309,16 do produto com o frete + R$ 19,72 de IOF – operação no exterior). A Ledger também aceita pagamentos em bitcoin – lógico né!

Lembrando que , diferentemente do Brasil, no exterior não existe compras parceladas.

 

Opção 2: comprar com o representante oficial da Ledger no Brasil – Cryptonation.soy

O representante brasileiro vende todos os produtos da Ledger pelo Facebook, OpenBazaar e Mercado Livre.

Leia também  Analista financeiro Andy Hoffman diz que devemos ser gratos ao Bitcoin e o iguala a metais preciosos

No Mercado Livre, o produto custa R$ 620,00 sendo possível parcelar a compra em até 12 vezes (Mercado Pago). No Facebook do representante brasileiro, a Nano S é anunciada por R$ 600,00.

OBS: nos valores da opção 2, o frete não está incluso.

 

Prazo de envio:

Compramos diretamente do fabricante, assim, o produto foi despachado dos EUA (sim, a empresa é francesa, mas o produto saiu dos ianques) no dia 04/08 e chegou, na agência dos correios, no dia 15/08. Ainda tem um detalhe: fomos taxados pela alfândega brasileira – explicaremos depois.

Com o representante brasileiro, consultando a calculadora do Mercado Livre, estima-se que o produto chegará, na Av. Paulista (CEP consultado), em 3 dias úteis – usamos a entrega expressa, mais cara, obviamente.

 

– Imposto de Importação:

Um problema que certamente ocorrerá com quem optar por comprar a Nano S no exterior é a taxação, pela Receita Federal, na alfândega. No nosso caso, a Receita arbitrou a base de cálculo do imposto em 20 dólares.

Logo, pagamos um imposto de R$ 38,23 (alíquota de 60% de imposto de importação) + a fatídica taxa dos correios de R$ 12,00. Portanto, no total, a nossa Nano S, comprada diretamente com o fabricante, custou R$ 379,20 (produto + frete + IOF + imposto).

 

Leia também  Polícia dinamarquesa é a primeira no mundo a caçar criminosos utilizando Bitcoin

Como a criança funciona:

IMG_7464

Na imagem acima, vemos os acessórios que acompanham o produto. São eles: 1) o hardware; 2) cabo USB; 3) Folha de Instruções; 4) Folha de Recuperação; e 5) acessórios para portar o dispositivo.

Ao conectar-se no computador pela primeira vez, a sua Nano S informará o modo de funcionamento.

IMG_7466

Em síntese, você será informado que: a) os botões da direita ou esquerda são usados para navegar entre as opções da lista de itens; e b) pressionar os dois botões juntos envia um comando de confirmação para o dispositivo.

Feito isso, você deverá criar – e memorizar –  um PIN code de 4 dígitos. Lembre-se, se você errar esse PIN três vezes, o seu dispositivo – por segurança – irá resetar.

Após essas pequenas – e necessárias – instruções, o dispositivos perguntará se vocês deseja recuperar ou criar uma nova carteira.

Optamos por criar um nova carteira, assim, o sistema informará 24 palavras que deverão ser anotadas no cartão de recuperação (o vermelho da foto).

IMG_7465

Lembre-se: não divulgue ou perca esse cartão, pois essas 24 palavras são a única forma de você recuperar sua carteira.

Depois de anotar as 24 palavras (em inglês, aliás), o sistema, visando checar se você anotou as anotou corretamente, perguntará, por exemplo, qual é a palavra número 3, 7 ou 19 – e você confirmará com os botões do dispositivo.

Leia também  Primeiro caixa eletrônico de Bitcoin é instalado em Oklahoma, com foco nos "desbancarizados"

Nunca é demais lembrar que você pode – e deve – dar uma boa revisada nas palavras.

Utilizando o dispositivo:

Instale o App indicado na própria página inicial de instruções da Ledger.

tela1

Toda vez que você iniciar o programa, o seu dispositivo requisitará o PIN code, somente depois desse passo é que o “painel de administração” da sua carteira aparecerá.

tela4

 

Quando for enviar BTC, você poderá alterar a taxa paga ao minerador, além de definir de qual carteira os BTCs serão sacados.

tela5

Informações preenchidas, o sistema mostrará, no dispositivo, os detalhes da transação (taxa, endereço beneficiário, valor) e requisitará que você confirme o envio.

IMG_7472

Em síntese, é esse o funcionamento da Ledger Nano S, uma excelente opção de carteira física para guardar, com muita segurança, seus bitcoins.

Se você deseja maiores informações e características sobre o dispositivo, clique aqui.

loading...

15 Comentários



  1. Ola comprei a carteira Nano S e fiz todos os setups necessários Depois disso enviei uma pequena quantia para a minha carteira Ledger e de lá enviei de volta para a minha carteira e deu tudo certo Porém hoje tentei por diversas vezes enviar bitcoins para uma outra carteira e não consegui Poderia de alguma forma me ajudar com isso?

    Read more at: https://guiadobitcoin.com.br/nano-s-testamos-a-nova-carteira-fisica-da-ledger/
    Ao copiar, insira os créditos originais do blog.

    Responder

  2. Quebrou, Comprar outra e esperar? Não tem um site para movimentar, correto?

    Responder

    1. EDW, se você ainda tiver as suas palavras de backup, elas podem ser usadas na Mycelium wallet. Nessa carteira há uma possibilidade de restaurar sua carteira usando as 24 palavras de backup. Espero ter ajudado.

      Responder


  3. Ao comprar esse dispositivo, tenho que usar alguma carteira de bitcoin especifica?

    Como faria para depositar reais e converter em bitcoins através dessa ferramenta e vice e versa?

    Responder

    1. Oi rodrigo. O próprio dispositivo já é uma carteira que vem com um programa específico para acessá-la. O programa roda no chrome e é muito tranquilo de baixar.

      Sobre a sua segunda pergunta, as carteiras servem para armazenar criptomoedas e não para comprar.
      Para comprar moedas, aconselho você a ler esse post > https://guiadobitcoin.com.br/lista-de-empresas-exchanges-no-brasil-e-america-latina-para-comprar-e-vender-bitcoins-e-altcoins/

      e esse > https://guiadobitcoin.com.br/bitcoin-o-guia-basico-definitivo-para-iniciantes-da-moeda-virtual/

      lembrando sempre que exchange (corretora) não é carteira. compre seus bitcoins e os tire de lá.

      abs

      Responder


  4. Posso guardar qualquer criptomoeda na carteira Ledger Nano S ou está limitada a Bitcoin e Ethereum?
    Desculpem minha pergunta mas sou novo neste mundo de criptomoedas.
    Obrigado pela informação

    Responder

  5. Posso guardar qualquer criptomoeda na carteira Ledger Nano S ou está limitada a Bitcoin e Ethereum?
    Desculpem minha pergunta mas sou novo neste mundo de criptomoedas.
    Muito obrigado.
    Luis

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *