Moedas estáveis: o pináculo das criptomoedas

Satoshi Nakamoto introduziu o Bitcoin em 2009 como uma resposta à crise financeira de 2008. Era a crença dele de estar oferecendo uma alternativa ao nosso sistema financeiro e que poderia nos ajudar a prevenir o caos econômico no futuro. Ao criar escassez no ambiente digital, ele criou uma commoditie digital que poderia servir como reserva de valor da mesma forma como uma moeda de ouro faz atualmente, mas no contexto do mundo atual. O desejo do mundo por tal coisa ficou claro quando a criação de Satoshi decolou e sua visão começou a se materializar. Contudo, sua criação não era perfeita e milhares foram inspirados a melhora-la ou criar uma substituta que pudesse servir melhor às suas ambições. Isso deu início à blockchain que podem usar dinheiro programável através da funcionalidade dos contratos inteligentes. Uma característica que muitos acreditam ser a inovação última a ter surgido nesse mercado. Conquanto eu creia que o dinheiro programável irá dar poder ao indivíduo ao redor do mundo, é minha opinião que a ideia mais notável nesse novo mercado é do de moedas estáveis.

Leia também  Análise: até quando o Brexit e a China continuarão influenciando no preço do Bitcoin?

Quando os entusiastas das criptos pensam sobre moedas estáveis, geralmente eles pensam na Tether. A “menos do que transparente” Tether recebe algumas críticas severas e muitas questões sobre solvência/liquidez, mas sua utilidade no mercado tem sido inquestionável. Ao manter uma proporção de 1:1 em relação ao dólar americano, os negociantes se ornam capazes de proteger seu capital em um ativo líquido e não volátil. Contudo, não é esse tipo de moeda que eu tenho em mente. Ao que eu estou aludindo aqui, e com o que já comecei a trabalhar, é uma moeda que possa algoritmicamente expandir ou contrair o suprimento da moeda em relação ao suprimento e demanda da moeda. Uma moeda assim seria capaz de ver sua adesão subir sem passar pela volatividade que o mercado está enfrentando atualmente. Uma moeda descentralizada e estável em uma blockchain seria robusta o suficiente para garantir que nenhuma parte do mundo veria novamente uma crise financeira por motivos inflacionários. Esse tipo de depressão econômica seria esquecida na história da humanidade. Uma moeda estável e bem-sucedida seria o maior feito econômico que o mundo já viu.

Leia também  Ripple investirá US $ 2 milhões em projetos blockchain da Universidade do Texas

Projetos nessa direção ainda tem um longo caminho pela frente. Muitos deles ainda nem foram lançados e sua atuação em pequena escala ainda precisa ser testada. Não obstante, o alvo é nobre e em última instância prestaria um grande serviço à humanidade. Aos que se interessarem, recomendo os whitepapers das moedas Carbon (https://www.carbon.money/) e Basecoin (http://www.getbasecoin.com/)

(Marvin Ordonez)

Fonte: medium.com/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

 

loading...

Como a blockchain pode promover uma verdadeira economia colaborativa

À medida que avançamos na revolução digital, parece que a tecnologia favorece os grandes jogadores do comércio eletrônico. Hoje, gigantes como a Alibaba e Amazon estão experimentando grandes aumentos nas…

0 Comentários

Bitcoin também é um método de pagamento legal nas Filipinas e exchanges foram regulamentadas

A Banco Central das Filipinas regulamentou oficialmente as exchanges locais de Bitcoin como empresas de remessa e reconhecendo o Bitcoin como um método de pagamento legítimo. No início do mês de fevereiro (2017), o…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link