Facebook não poder competir com o euro, diz ministro alemão

1 Comente

De acordo com um relatório da Reuters, um ministro alemão, se uniu aos pessimistas para lutar contra a criptomoeda do Facebook, a Libra.

Olaf Scholz, pediu aos reguladores que examinassem o projeto Libra do Facebook. Scholz expressou preocupação com a proteção ao consumidor e possíveis interferências na zona do euro.

Ele fez a seguinte declaração:

O euro é e continua a ser o único meio de pagamento legal no mercdo europeu.

O ponto de vista do ministro alemão está de acordo com os comentários feitos pelo ministro francês, Bruno Le Maire, após a apresentação de Libra.

“Está fora de questão” permitir que a Libra ” se torne uma moeda soberana”, disse ele na época. «Não pode e não deve acontecer».

De acordo com Scholz, o lançamento de ativos digitais amplamente acessíveis pode interferir na capacidade dos governos gerenciarem suas economias por meio da política monetária. “A emissão de uma moeda não pertence a uma empresa privada porque é um elemento central da soberania do Estado” , disse Scholz.

Em junho, Markus Ferber, membro do Parlamento Europeu, também solicitou o controle regulatório do Facebook para impedir que a multinacional funcionasse como um “banco paralelo”.

Scholz fez alusão aos esforços das autoridades alemãs e seus aliados para “garantir estabilidade financeira, proteção ao consumidor e a prevenção de portas de entrada para lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo”, informou a Reuters. Para isso um grupo de trabalho de regulação internacional foi organizado entre as nações do Grupo dos Sete (G7).

Clique aqui para ler: Análise Técnica Bitcoin – Preço do BTC hoje – 17/07

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Escreva um comentário

1 Comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.