Mídia estatal chinesa novamente levantou o tema de uma proibição completa do comércio de criptomoedas no país

1 Comente

O portal South China Morning Post  foi mais um a lançar profundamente negativas em torno do e outras criptomoedas controladas pelo Banco Central da , o site de relatou a intenção das autoridades de colocar um bloqueio definitivo “no caminho” do comércio de criptomoedas. 

“Para evitar riscos financeiros, a China tomará medidas adicionais para bloquear quaisquer plataformas nacionais e estrangeiras relacionadas à negociação de moedas virtuais ou a ICOs”, disse o artigo Financial News.

Além disso, o canal de notícias afirma que os recentes esforços das autoridades chinesas para fechar as exchanges chinesas não ajudaram a parar completamente as criptomoedas.

“Apesar da proibição oficial, as ICOs e as negociações de criptomoedas nunca deixaram a China. Após o fechamento das exchanges locais, muitos migraram para plataformas no exterior, continuando a fazer transações em moedas virtuais “.

Assim, destaca o jornal, os cidadãos ainda continuam a ignorar as restrições, embora existam grandes riscos como a emissão ilegal de tokens, esquemas fraudulentos e pirâmides financeiras.

Leia também  Ministro da Espanha diz: Não iremos esperar por um acordo global sobre criptomoedas

Simultaneamente, a agência de notícias estatal Xinhua cita representantes do People’s Bank of China, segundo a qual as autoridades pretendem apertar a regulamentação no campo da admissão de investidores locais em plataformas de comércio exterior e .

Assim, pode-se assumir que as autoridades pretendem criar, de fato, mais um “Great Chinese ”, desta vez voltado para a indústria de criptomoedas como um todo.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/