McCoin: McDonalds lança criptomoeda em comemoração aos 50 anos do Big Mac

4s Comentários

Sim é isso mesmo que você leu, até o McDonalds está aderindo as criptomoeda… mais ou menos. A gigante mundial de fast food lançou recentemente a MacCoin, um token para celebrar o 50º aniversário do Big Mac. Mais de 6 milhões de MacCoins serão distribuídos em todo o mundo.

McCoin

O principal objetivo do lançamento dos tokens é facilitar a vida dos clientes da empresa que poderão coletá-los, compartilhá-los e troca-los gratuitamente por Big Macs em mais de 50 países. Os viajantes não precisarão ter o trabalho de trocar moedas para comprar Big Macs.

Os tokens serão lançados em 2 de agosto. A data escolhida 2 de agosto, é especial por ser o aniversário do inventor, Jim Delligatti. Jim teria completado 100 anos nessa data. Em 1986, o The Economist passou a usar o preço de um Big Mac como um índice para determinar o poder de compra das moedas em todo o mundo. O McDonald’s decidiu se divertir um pouco com a ideia de ser uma moeda global e criou a sua própria.

No entanto, ao contrário da maioria das criptomoedas, as do McDonalds não serão digitais, os tokens serão distribuídos entre muitos países e as pessoas poderão coletá-los.

Uma das polêmicas que está surgindo com essa atitude do McDonalds, é que essa iniciativa chega em um momento em que o Bitcoin e outras criptos estão começando a mudar conceito de moedas ao redor do mundo. Por isso com uma distribuição limitada de moedas e tê-las em escala mundial, a empresa vai chamar muita atenção.

A MacCoin não terá valor de verdade, só poderá ser trocada pelo Big Mac durante 2018. A empresa disponibilizará pessoas para entregar os MacCoins em muitos lugares, então pesquise no site da Mc Donaldas para saber onde você poderá pegar o seu.

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.