Mastercard: “A Culpa é das Criptomoedas”

0 Comentários

Uma queda nas compras de criptomoedas utilizando cartões de crédito impactou levemente no crescimento trimestral da Mastercard, informou a companhia em uma teleconferência de resultados nesta semana.

Os volumes transnacionais cresceram 19%, mas esse número caiu 2 pontos percentuais em relação ao último trimestre de 2017, em parte porque menos pessoas compraram criptomoedas com seus cartões de crédito. disse a principal consultora financeira da Mastercard, Martina Hund-Mejean.

Os clientes usam o cartão Mastercard para comprar criptomoedas e armazená-las no que é conhecido como “carteira”. Mas alguns bancos proibiram a prática, completou.

O Bank of America, o JPMorgan Chase e o Citigroup estão entre os que proibiram a compra de criptomoedas com cartões de crédito em fevereiro, citando a volatilidade dos preços e possíveis riscos de crédito.

O CEO da Mastercard apontou para a incerteza na Ásia, e disse que algumas exchanges estão em “queda” na Coréia do Sul, enquanto outras no Japão estão preocupadas com a segurança.

Leia também  BitPay lança cartão de débito de Bitcoin em parceria com a VISA

“Há muitas preocupações, mesmo no Japão, porque uma de suas maiores exchanges foi hackeada”, disse Ajay Banga, presidente e CEO da Mastercard. “Como você pode ver, neste momento há um pouco menos de interesse do que havia na última parte do quarto trimestre e no primeiro trimestre”.

Em dezembro, o bitcoin subiu para quase US $ 20.000 depois de iniciar o ano abaixo de US $ 1.000. Seu aumento de 1.300 por cento em 2017 foi seguido por uma correção acentuada neste ano. A criptomoeda perdeu quase a metade do seu valor nos primeiros três meses de 2018.

O CEO da Mastercard deixou claro que a criptomoeda não é uma parte importante da estratégia corporativa por causa de sua imprevisibilidade.

“Isso não é algo em que contamos, porque simplesmente não sabemos como prevê-lo ou nem queremos contar”, disse Banga.

Embora o fator das criptomoedas seja “interessante”, também não é um fator-chave para o valor da Mastercard, disse James Friedman, analista da Susquehanna Financial Group.

Leia também  Bitstamp torna-se a primeira Bolsa de Bitcoin Licenciada do Mundo e atua nos 28 países da União Européia

As ações da Mastercard tiveram um aumento de mais de 3% na quarta-feira, depois que a empresa divulgou lucro e receita no primeiro trimestre que superou as expectativas dos analistas de Wall Street.

Fonte

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, “CFD”) é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos.

Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro.

As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco.

Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco.

O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.