Marc Bhargava: 2020 trará onda institucional ao mercado

0 Comentários

Em outubro, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) havia derrubado o último pedido de ETF Bitcoin apresentado pela Bitwise Asset Management. Logo após a decisão, o sentimento da comunidade caiu, com muitos membros do mercado de Bitcoin especialmente decepcionados com a decisão da SEC.

Afinal, muitos acreditam que uma ETF do Bitcoin vai trazer um momento de alta para todo o criptomercado.

No entanto, o anúncio não afetou o crescente interesse institucional na indústria de criptmoedas de nenhuma maneira, com várias organizações agora se aventurando no espaço dos ativos digitais e na tecnologia descentralizada da blockchain.

Durante uma entrevista recente, Marc Bhargava, Presidente da Tagomi, um serviço de corretagem no setor de criptomoedas, afirmou que estamos prestes a entrar em um período onde o capital institucional atingirá o setor em “várias ondas.” Durante a entrevista, Lee disse:

“A primeira onda de investimentos foi nos fundos de criptomoedas e nos produtos de indexação. Então, acho que você ainda vê muitos escritórios familiares, de doações financeiras ou outros que não compram diretamente o Bitcoin, mas investem em fundos ligados aos ativos digitais.”

Falando sobre a segunda onda, Bhargava sugeriu que isso era evidente ao longo de 2019, à medida que os mercados de empréstimos e crédito aumentavam seu envolvimento no criptomercado.

Além disso, o co-fundador também acredita que há mais liquidez nas corretoras, uma vez que vários formadores de mercado estão agora entrando na indústria de criptoativos.

 

Veja como comprar Bitcoin no Brasil!

 

Por exemplo, em 2019 vimos o Facebook tentando entrar com tudo no espaço criptográfico e de blockchain com o projeto Libra. Apesar de ter sido um projeto bloqueado, isso demonstra o grande interesse institucional nesse mercado, que apesar de novo, está sendo considerado uma força disruptiva no setor financeiro tradicional.

Bhargava acredita que esse sentimento e interesse continuará a aumentar também em 2020, envolvendo grandes entidades tecnológicas. Ele acrescentou:

“Então, acho que a próxima onda de investidores institucionais em 2020 serão realmente essas grandes empresas de tecnologia. E acho que, no futuro, você definitivamente verá mais dos gerentes de ativos tradicionais entrando no jogo – agora, vemos mais escritórios familiares com capacidade discricionária mais ampla de investir em coisas ou fundos que são principalmente fundos de hedge.”

No entanto, Bhargava alertou que, para facilitar a entrada de gerentes de ativos maiores, é importante construir uma infraestrutura melhor para que protocolos escaláveis e adoção em massa se tornem uma possibilidade.

Esse é um ponto em que muitos especialistas dizem que o criptomercado sofre. Por ser muito novo, ainda falta a estrutura necessária para conseguir atingir mercados maiores e que, consequentemente trarão mais valor para todo o setor.

Veja também: O que está por trás da queda do Bitcoin?

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.