Mais fundos de Hedge estão investindo em Bitcoin sem alarde

O preço da Bitcoin subiu mais de 180% somente este ano (2017), enquanto os fundos de hedge retornaram apenas 3,5% em média. A maioria dos gestores de hedge funds ficaram longe do Bitcoin. No entanto, os poucos que o incluíram estão superando significativamente seus pares.

Rendimento Médio dos fundos de hedge 3,5% este ano

Os fundos de Hedge são fundos de investimento cujos clientes são credenciados ou investidores institucionais. Eles são menos regulamentados do que os fundos de investimento, uma vez que não estão sujeitos a regras rígidas destinadas a proteger os investidores. Alguns deles nem sequer são obrigados a registrar ou apresentar relatórios públicos com reguladores financeiros.

Os investimentos em hedge funds só são restritos pelo mandato de cada fundo. Eles podem efetivamente ser qualquer coisa, incluindo terra, imóveis e moedas, desde que busquem maximizar os retornos dos investidores ao mesmo tempo em que reduzem os riscos.

Leia também  Países com sistemas financeiros falhos dominam pesquisas por Bitcoin em 2016

Os retornos globais abrangentes dos fundos de hedge são mensurados pelo índice de retorno absoluto do fundo de hedge (HFRX), que é representativo de todas as estratégias de hedge funds. A Hedge Fund Research (HFR), que fornece dados em mais de 150 índices de fundos de hedge, é o principal fornecedor de dados de hedge funds indexados no setor. De acordo com a HFR, o Índice Composto Ponderado HFRI apenas retornou 0,46% em maio e 3,5% no acumulado do ano.

Por que mais fundos de Hedge não investem em Bitcoin?

“Muitos fundos de hedge ainda estão muito relutantes em mergulhar um dedo na classe de ativos”, informou recentemente a CNBC. Um veterano do hedge fund, com 16 anos de experiência, disse à notícia:

“Para ser honesto, eu simplesmente não sei o suficiente sobre isso.”

As razões pelas quais os fundos de hedge são relutantes em investir em bitcoin “realmente se reduzem às preocupações com a volatilidade, a segurança e a percepção”, afirmou Louis Gargour, o fundador do gerente de ativos da LNG Capital.

Leia também  Saiba quais foram as Altcoins que deixaram seus donos felizes

Ele enumerou três preocupações. Em primeiro lugar, “a extrema volatilidade do bitcoin não se encaixa bem com os gerentes que trabalham em uma base de retorno ajustada ao risco”. Em segundo lugar, os gestores de fundos estão preocupados com a moeda digital sendo roubada. Por fim, “há uma percepção de que o bitcoin continua a ser um nicho, o investimento no varejo que ainda não demonstra qualidade suficiente para ser considerado seriamente para muitas instituições respeitáveis”, explicou.

Enquanto isso, o Bitcoin continua subindo…

No entanto, o Bitcoin continua superando todas as outras classes de ativos, mais gestores de hedge funds podem começar a seguir seus pares e investir na moeda digital. Na momento da postagem, a Bitstamp mostra que o bitcoin ganhou mais de 180% neste ano e mais de 70% somente em maio.

Leia também  As startups de Ethereum não precisam mais do Vale do Silício: financiando de 0 a milhões em segundos

Via: Bitcoin.com
Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *