Maior fornecedora de Energia da Alemanha passou a aceitar Bitcoin para pagamento de contas

0 Comentários

Os clientes de uma das maiores fornecedores de energia da Alemanha, a Enercity, agora podem pagar as suas contas de consumo (Eletricidade, Gás, Água) com bitcoin, conforme anunciou hoje a empresa.

bitcoin-pagar-conta-de-energia-alemanha

A Enercity fornece tanto para a população em geral quanto para indústrias de eletricidade, gás, aquecimento urbano, e água potável. E é uma das dez maiores empresas de energia na Alemanha, que tem cerca de 2.500 empregados e um volume de negócios de cerca de 2,3 milhões de euros. Ela fornece energia e serviços para clientes residenciais em Hanover e na região de Hanover, bem como para clientes empresariais em toda a Alemanha.

A empresa fornece para mais de 650.000 pessoas com serviços de eletricidade, gás, calor, água e energia no distrito de Hanover, de acordo com a Wikipedia. A Enercity citou a crescente popularidade do Bitcoin e sua capacidade de “agir de forma independente das instituições centrais“, como a razão para a decisão.

Ela afirmou no seu comunicado de imprensa oficial:

Métodos de pagamento digitais, como o Bitcoin, estão se tornando cada vez mais populares. A Enercity, portanto, permite agora que as contas sejam pagas com Bitcoin.

A digitalização transformou toda a economia, incluindo o setor da Energia em especial, acrescentou a empresa. No entanto, ao contrário das Instituições Bancárias tradicionais, a Enercity vê um futuro de operações e redes descentralizadas “não sujeitos a limitações geográficas”.

ceo-enercity-aceita-bitcoin-pagamento-alemanha“A digitalização já está presente em muitas áreas da vida cotidiana dos nossos clientes”, explicou a CEO da Enercity, Drª. Susanna Zapreva. “Queremos oferecer os melhores serviços de energia para os nossos clientes, em todos os aspects. A possibilidade de pagamento com Bitcoin é apenas um passo no caminho para o futuro digital”.

 

Pagando a conta de energia com Bitcoin

pagar-contas-com-bitcoin-gasAs pessoas já podem pagar por alguns serviços públicos que utilizam serviços de terceiros, tais como o Bankymoon e a startup com sede no Canadá, a Bylls. No entanto, a Enercity é a primeira empresa de serviços públicos municipais conhecido em aceitar bitcoin diretamente. O pagamento pode ser feito diretamente no site Enercity ou terminal da empresa no Enercity Kunden Center, em Hanover.

Clientes podem pagar com bitcoin através da criação de uma carteira com qualquer parceiro de processamento de pagamentos da Enercity, como a PEY GmbH (um parceiro da BitPay) ou qualquer outro prestador de serviço de carteira bitcoin funcional.

Faturas permanentes para pagamentos em Bitcoin ainda não são possíveis, no entanto. A empresa explica, que quem pretende pagar com bitcoin deve acionar o sistema de pagamento mensal, onde o usuário será notificado (push) sobre o pagamento em Bitcoin, garantindo um total controle sobre seus fundos. Isto vem em contraste com a necessidade do modelo de operação tradicional.

No entanto, o fato de que esta é uma empresa alemã não é nenhuma novidade. Muitos reconhecem o país como um terreno fértil para FinTech e a inovação através da blockchain. Com uma abordagem firme para Bitcoin e a tecnologia blockchain, os alemães parecem serem abertos quando se trata de novas tecnologias.

Clique e confira o comunicado oficial da empresa (em alemão).

Via: News Bitcoin
Imagens: Reprodução / News Bitcoin
Adaptação e Tradução: Guia do Bitcoin

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.