Maior bolsa de valores da Austrália vai adotar oficialmente a tecnologia do Bitcoin

0 Comentários

A () informou que implementará um sistema de pós-negociação baseado em a partir do quarto trimestre de 2020, substituindo o atual sistema Sistema Eletrônico de Sub-registro da Câmara ().

Um documento de consulta pública divulgado pela ASX descreve novos recursos planejados, juntamente com um plano de implementação de dois anos e meio. O documento confirmou que o ASX usará uma nova tecnologia de contabilidade distribuída para gerenciar o mercado financeiro australiano e introduzirá 50 novos recursos que levarão a reduções de custos.

O novo sistema permitirá que os participantes de liquidação em ambos os lados de uma transação bilateral pré-combinem a transação no início do período de liquidação, sem comprometer a transação para liquidação. A empresa de fintech sediada em Nova York, a Digital Asset está construindo produtos DLT, é o principal parceiro técnico da iniciativa.

Leia também  Os 7 jovens empreendedores em destaque atualmente no mundo do Bitcoin

Nos últimos 25 anos, o CHESS tem sido o principal sistema de compensação, liquidação, registro de ativos e outros serviços de pós-negociação essenciais para o funcionamento ordenado do mercado. ASX disse:

“O CHESS continua estável e para entregar efetivamente esses serviços. Embora não haja nada que indique que a CHESS não continuará a fornecer este nível de serviço, o ASX está substituindo o CHESS pela tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), que fornecerá uma gama mais ampla de benefícios para uma seção transversal mais ampla do mercado.”

Em 2015, a ASX começou a revisar as opções para substituir o CHESS e o diretor administrativo da ASX na época, Elmer Funke Kupper afirmou que uma plataforma com blockchain era um candidato sério para substituir o CHESS. Ele disse que a tecnologia era uma “oportunidade de 20 anos” para uma reforma tecnológica.

Leia também  Walmart usa blockchain para se comunicar entre drones

Em dezembro de 2017, o atual diretor administrativo e CEO da ASX, Dominic Stevens, confirmou um roadmap em que a tecnologia blockchain substituirá o sistema de compensação e liquidação existente e, no processo, se tornará a primeira grande do mundo a integrar a tecnologia blockchain descentralizada.

“Os testes de migração começarão no segundo trimestre de 2020 e culminarão com os fins de semana para o ensaio de migração em preparação para entrar em vigor”, acrescentou o documento de consulta da semana passada. “Testes de sucesso em todo o setor e fins de semana de ensaio geral são necessários para entrar em operação e permitirão que um fim de semana principal e de apoio seja agendado, levando em consideração o feedback da indústria”.

A ASX está solicitando feedback por escrito de usuários e partes interessadas sobre o cronograma, testes e arranjos de transição para o novo sistema, e sobre os novos requisitos de negócios capturados no plano até 22 de junho de 2018.

Leia também  O mercado de criptomoedas e da blockchain pode chegar a US$ 10 trilhões em 15 anos, diz Analista do Royal Bank do Canadá

Fonte: CCN.com