Maior banco do mundo vai implementar a tecnologia Blockchain

1 Comente

O banco ICBC foi criado em 1984, hoje é o maior banco da China, o maior banco do mundo em ativos e o segundo em termos de valor de mercado. Jiang Jianqing, atual presidente do banco, estabeleceu três áreas principais para concentrar as inovações financeiras e tecnológicas: inteligência artificial (IA), Blockchain e a Internet das Coisas (IoT).

O portal de notícia Bianews divulgou que o banco tem interesse no desenvolvimento de contratos inteligentes e de aplicativos bancários inteligentes para ajudar a criar um ecossistema financeiro robusto e assim garantir a segurança financeira.

A China tem sido um dos países que tem buscado reprimir o crescimento das criptomoedas, mas a postura do governo chinês em relação a Blockchain é de total apoio a tecnologia que nasceu através das criptomoedas.

Vale lembrar que na semana passada, o distrito de Beichuan Qiang, na província de Sichuan, e o grupo Beijing Sinfotek se uniram para criar uma nova empresa com o objetivo de “desenvolvimento econômico florestal e alívio da pobreza industrial”. Um livro sobre a Blockchain e suas aplicações foi lançado pelo Partido Comunista da China. 

Essas são importantes demonstrações de que a China, tem dado total apoio ao estudo e o desenvolvimento da tecnologia blockchain e até defende sua utilização. Provavelmente nos próximos anos pode acontecer do país abrir as portas para as criptomoedas.

Guia do Bitcoin

Escreva um comentário

One Comment

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.